+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Mudar uso da terra afeta biodiversidade e solo, diz estudo

Pesquisa realizada no Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) daUniversidade de São Paulo, em Piracicaba, acaba de mensurar o impacto sobre a biodiversidade do solo da transformação de áreas de floresta em pastagens e de pastagens em canaviais.

A conclusão é que esse impacto é devastador sobre a macrofauna original do solo: 90% dela – formada por cupins, formigas, minhocas, besouros, aranhas e escorpiões – desapareceu por completo.

A pesquisa foi realizada por André Luiz Custodio Franco, durante o seu doutoradoe estágio de pesquisa no exterior realizados com bolsas da FAPESP, com orientação do professor Carlos Clemente Cerri.

Os resultados do trabalho foram publicados no periódico Science of the Total Environment .

“Nossa intenção foi verificar como a mudança no uso da terra interfere na emissão de gases e no armazenamento de carbono no solo e, em consequência, na composição da matéria orgânica, ” diz Franco.

Invertebrados, microrganismos e fungos desenvolvem um grande papel na reciclagem do solo, graças à sua ação na decomposição da matéria orgânica. Eles compõem a microfauna do solo. Formigas e cupins – que integram a macrofauna do solo – são os principais agentes estabilizadores, evitando a erosão graças à construção de seus ninhos.

Para verificar o que acontece com a biodiversidade com a mudança no uso da terra, os pesquisadores retiraram blocos de solo na forma de cubos com 30 centímetros de profundidade.

Essas amostras foram coletadas em três canaviais localizados em Jataí, Goiás, Ipaussu e Valparaíso, São Paulo. Nessas áreas uma parte do pasto foi convertida em cana. A equipe também coletou blocos de áreas nativa, de mata, para demonstrar a biodiversidade do solo em um sistema estável, antes do desmatamento para pastagem.

“Quando a mata nativa é convertida em pasto, todos os predadores de topo do solo, como as aranhas e os escorpiões, desaparecem”, diz Franco. “Na ausência de predadores, as populações de cupins e minhocas explodem. A quantidade de cupins no solo aumenta nove vezes. Já a de minhocas cresce 14 vezes.”

Por outro lado, quando o pasto é convertido em canavial, as populações de cupim e minhocas também são eliminadasa, em decorrência da correção química do solo.

O solo nativo é ligeiramente ácido e os invertebrados e microrganismos estão adaptados para viver num ambiente de leve acidez. Como a cana precisa de um solo mais alcalino, a agroindústria introduz quantidades maciças de calcário – além de fertilizantes, herbicidas e pesticidas. “Isto torna o solo tóxico, especialmente para as minhocas”, diz Franco.

O resultado da correção química do solo e, posteriormente, da adubação química é a eliminação quase completa de toda a sua biodiversidade. Os poucos animais e microrganismos que poderiam se adaptar a um solo levemente alcalino são eliminados pelos agrotóxicos.

“Cerca de 90% da macrofauna do solo desapareceu. Em termos de grupos animais, perdeu-se 40%”, diz Franco. Ou seja, o solo dos canaviais é um solo extirpado de biodiversidade – e, em consequência, instável.

Cupins e formigas são os “engenheiros do solo”, observa Franco. Eles são importantes para manter sua estabilidade. Onde há mais animais a estabilidade do solo é maior. Decorre daí que menos animais significa menor estabilidade e, por conseguinte, maior risco de erosão.

Outra questão a ser contabilizada é a perda de carbono do solo. A ação de cupins e formigas faz com que partículas de carbono sejam encapsuladas em microagregados de argila ou areia e permaneçam protegidas da decomposição por microrganismos.

Já as minhocas estabilizam as partículas de carbono que passam pelo seu trato digestivo e que ficam igualmente encapsuladas, fora do alcance dos microrganismos.

A perda da macrofauna coloca em risco a estabilidade do solo e a sua capacidade de armazenar carbono, além de contribuir para a liberação de carbono na atmosfera.

O artigo de André L.C. Franco, Marie L.C. Bartz, Maurício R. Cherubin, Dilmar Baretta, Carlos E.P. Cerri, Brigitte J. Feigl, Diana H. Wall, Christian A. Davies Carlos C. Cerri, Loss of soil (macro)fauna due to the expansion of Brazilian sugarcane acreage, foi publicado em Science of the Total Environment.

Fonte: Exame com informações

But they had to be hinting at something, right? Because of the orange glow that poured from the interior any time it was opened? Actually, that glow is nowhere in the script. Suddenly what could have been anything became anything supernatural. Didn’t need to push the effect. The show ends with Tony Soprano and his family munching on onion rings in a diner, with a suspicious looking guy in a Members Only jacket sitting nearby, then getting up to go to the bathroom. The last wholesale nfl jerseys shot is of Tony’s face looking up at the door as his daughter enters, and then . nothing. Blackness.Hi I am Jason Gerardo at Golden Key Racket Club in beautiful Phoenix, Arizona on behalf of Expert Village. In this clip, what I would like to talk to you about is a shot that you select off of your return so for example, if you are returning a serve we talked about getting that ball across court more efficiently. Play with a high pain tolerance. Most players in football sustain injuries during the course of the games. There is saying in football, Cheap Jordans Sale “A player must know the difference between pain and injury.” While this might be true in a sense a football player must take care of himself and not risk permanent injury.What we’re going to do is we’re going to start off I’ll step in front of the box. We’re going to have a nice base and nice position. We want to sit back, slight bending my knees, sit back into my hips so slightly bent. This is what we call our power position to start this particular motion. They wanted to play with structure, control and tempo. Which they did. For good measure, they crushed the Eagles’ scrum for fun presumably not so much to prove that they could, but with half an eye on the coming games where scrummaging is going to be a torrid business.They wanted to be expansive and creative when they could and they were. But that’s maybe http://www.ray-banbaratas.top being a little too negative. A 2015 poll of political science scholars ranked Obama as 18th best out of 42 presidents. That’s not too shabby, even if it is a little premature, Cheap Football Jerseys since he still has a couple months left to take all our guns. And he’s currently on track to keep 77 percent of his campaign promises. This is all solid B student stuff.Oh and research what I wrote before you call me names. http://www.cheapoakley2012.com Name calling is just childish and No, I am not gay and I have no problem with people who are. Why would I? Why are people AFRAID of gay People? Honestly what kind of a threat is there? Are you that insecure with yourself? Sad for you.

Próximos Eventos