+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Militares criam sistema integrado de defesa cibernética

Uma portaria publicada nesta sexta, 20/11, pelo Ministério da Defesa estabelece o Sistema Militar de Defesa Cibernética, que reúne instalações, equipamentos, doutrina, procedimentos, tecnologias, serviços e pessoal essenciais para realizar ações voltadas para assegurar o uso efetivo do espaço cibernético pela Defesa Nacional, bem como impedir ou dificultar ações hostis contra seus interesses.

O órgão central do Sistema é o Comando de Defesa Cibernética (ComDCiber), comando operacional conjunto, permanentemente ativado e com capacidade interagências.

O SMDC é composto, assim, pelo próprio ComDCiber, como órgão central; pelas estruturas de Defesa Cibernética das Forças Singulares; pelas estruturas de Guerra Cibernética dos Comandos Operacionais ativados; e ainda outras estruturas inseridas no Sistema, incluindo setores da administração central e organizações ligadas ao Ministério da Defesa.

Além disso, é previsto que o ComDCiber deverá interagir não apenas internamente, mas também fora do setor de Defesa, notadamente com o Fabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, na defesa das infraestruturas críticas nacionais, na elaboração de normas, e como ligação junto ao Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN).

Além do GSI, também é prevista interação com as estruturas de tratamento de incidentes de redes externas ao SMDC e outras organizações de interesse para manutenção de canal técnico permanente bem como demais instituições nacionais e internacionais, para atividades relacionadas ao Setor Cibernético.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos