+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Metodologia do curso de elaboração de projetos atende a qualquer área, diz diretor da ABIPTI

A falta de domínio das técnicas e de requisitos necessários para elaborar um projeto estão entre as principais razões para a negação de propostas por parte das agências de fomento e instituições de apoio financeiro da área de CT&I. Dados da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) apontam que no edital de subvenção econômica, lançado em 2010, cerca de 90% dos projetos submetidos à entidade foram reprovados em primeira análise.

Para tentar sanar esta dificuldade, a Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação (ABIPTI) promove, desde o ano passado, o curso “Elaboração de Projetos e Captação de Recursos Financeiros em Ciência, Tecnologia e Inovação: da Teoria à Prática”.

De acordo com o diretor de Relações Interinstitucionais da Associação e instrutor do curso, Félix Silva, a metodologia do curso foi construída para atender exatamente os requisitos dispostos nas chamadas públicas. “Nós damos muita atenção à leitura dos editais para passar aos estudantes a compreensão do que está por trás dos requisitos. Nós destrinchamos os editais para que o objeto que está proposto seja entendido e para identificar que tipo de projetos estariam mais aderentes à chamada”, explicou.
Para o diretor, os erros mais corriqueiros são a falta de leitura completa do edital ou uma leitura rápida, dificultando uma boa interpretação. “O não cumprimento dos prazos, a falta de documentos necessários que devem ser anexados ao projeto, como também ausência de certidões negativas, a inelegibilidade de membro do consórcio executor, entre outros, são questões que, muitas vezes, podem tornar a proposta inválida”, observou.

A próxima edição acontece entre os dias 18 e 21 de junho e as aulas serão ministradas na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Estudos e Capacitação, sala Buriti, em Brasília (DF). As inscrições podem ser feitas neste http://www.abipti.org.br/curso_inscricao.html

Capacitação

O curso é estruturado da seguinte forma: inicialmente os participantes têm acesso a uma abordagem contextual do cenário atual da ciência, tecnologia e inovação (CT&I). Depois, o treinamento oferece um passo a passo para o desenvolvimento do projeto. Em seguida os alunos participam de uma oficina dividida em grupos de trabalho. Nesta parte ocorre a elaboração propriamente dita de um projeto com o uso de conceitos aplicados nos primeiros dias.
A capacitação ainda oferece informações sobre instrumentos e mecanismos de fomento para CT&I.

“Um dos diferenciais do curso é a possibilidade de trabalho em conjunto com profissionais de diversas áreas e dos mais variados níveis de conhecimento sobre o tema. Isto traz para o curso riqueza de informações e de experiências que outras capacitações nem sempre proporcionam. A maioria dos treinamentos se baseia em aulas expositivas”, ressaltou o diretor da Abipti.

Mais informações no site: www.abipti.org.br / www.agenciacti.com.br

Fonte: Abipti

Próximos Eventos