+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Mercado reage e julho é o pior mês de vendas na telefonia móvel

O mês de julho – afetado pela cautelar da Anatel que de 23 de julho a 02 de agosto impediu a venda de chips da TIM, Claro e Oi para exigir melhor qualidade de serviço ao consumidor – registrou o pior desempenho do setor de telefonia móvel, com um crescimento de apenas 0,11% em relação ao mês de junho. Foram registradas 279,72 mil novas habilitações, com o Brasil fechando o mês com 256,41 milhões de linhas ativas. A teledensidade ficou em 130,49 acessos por 100 habitantes.

Ainda de acordo com os dados da Anatel, divulgados nesta sexta-feira, 17/08, do total de acessos em operação no país, 208,95 milhões eram pré-pagos (81,49%) e 47,46 milhões pós-pagos (18,51%). O market share das operadoras foi pouco afetado pela medida cautelar da agência reguladora. Mas TIM e Oi registraram ligeira queda em relação ao mês de junho.

A TIM, que em junho deteve 26,89% do mercado, em julho, ficou com 26,78%, com 68.672.340 milhões de assinantes. A TIM ficou impedida de vender no Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Tocantins.

A Oi, por sua vez, tinha 18,65% de market share em junho. Em julho, a operadora somou 18,59%, com 47.661.864 milhões de assinantes. A tele ficou impedida de vender no Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima, Rio Grande do Sul. A Claro, impedida de vender em Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, registrou um pequeno crescimento. Em junho, tinha 24,58% do market share, em julho, apesar da restrição, chegou a 24,60%, com 63.075.082 milhões de assinantes.

A Vivo segue na ponta do ranking nacional – a operadora não sofreu restrições da Anatel. Em junho, detinha 29,56% do market share, em julho, o crescimento foi ligeiro e chegou a 29,71%, ou 76.181.210 milhões de assinantes. Um dado relevante é que no ranking desponta a Porto Seguro, primeira operadora MVNO a aparecer nos dados da Anatel. A empresa, que usa infraestrutura da TIM, registrou, de acordo com a Anatel, 2000 acessos.

Os terminais 3G (banda larga móvel) totalizaram, em julho de 2012, 53,95 milhões de acessos, sendo 47.701.681 milhões de celulares 3G e 6245.302 terminais de banda larga( acesso à Internet) e 6.174.000 de chips para comunicação máquina a máquina(M2M).

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos