Notícias

Mercadante reforça operação contra desmatamento na Amazônia

Novos instrumentos vão auxiliar no combate ao desmatamento na Amazônia. Os dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), via monitoramento por satélites, passarão a ser informados online para reforçar o trabalho de fiscalização em campo, em especial nas áreas embargadas.

O anúncio foi feito pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, na semana passada. Uma avaliação feita entre os meses de março e abril indicou para o alerta de desmatamento de 593 km² na Amazônia. Deste total, 480 km² foram verificados no Mato Grosso, 67,2 Km² no Pará, 41,3 km² em Rondônia, 2,3 Km² no Acre, 1,1 Km² em Roraima e 0,9 Km² no Maranhão.

Mercadante também anunciou lançamentos de satélites para os próximos anos na intenção de tornar os dados fornecidos pelo Inpe ainda mais precisos. No total, estão previstos investimentos da ordem de R$ 1 bilhão para uma nova geração de satélites, com ganho para o monitoramento de florestas.

“Esse trabalho conjunto vai trazer respostas bem rápidas e mais eficientes para podermos documentar o que aconteceu, sustentar juridicamente o Ministério Público e, ao mesmo tempo, melhorar a nossa política de prevenção com dados de qualidade em tempo real”, destacou.

Fonte: Gestão C&T

Próximos Eventos