+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

MCom firma parceria com o Banco do Brasil para programa Wi-Fi Brasil

O Ministério das Comunicações (MCom) e o Banco do Brasil firmaram uma parceria para ampliar o programa Wi-Fi Brasil, por meio de levar conectividade pelo satélite da Telebras, conforme revelou o Ministério das Comunicações, Fabio Faria, após uma reunião com o presidente da instituição financeira, André Brandão, nesta quarta-feira, 27/01. O projeto prevê, também, a capacitação de clientes para o mundo digital, consultorias em educação financeira e utilização dos serviços bancários para produtores rurais, por exemplo. O anúncio, no entanto, não dá datas para o início dessa etapa.

De acordo com o ministério das Comunicações, o Brasil conta, hoje, com mais de 12.800 pontos de internet espalhados pelos 26 estados e o Distrito Federal. Os pontos estão instalados em 9.600 escolas, mais de 1.200 unidades de saúde, e quase 400 comunidades indígenas. Além disso, o programa atende a assentamentos rurais, telecentros, bibliotecas públicas, cooperativas, associações, bem como locais públicos de livre acesso. Para o ministro Fábio Faria, com a expansão do programa, será possívle levar a Internet para o campo.

“A praça é um ponto de encontro na maioria dessas cidades pequenas, isoladas e distantes dos centros urbanos. E, hoje em dia, levar conectividade, colocar um ponto de Wi-Fi em um lugar desses é como se fosse levar água. É essencial, principalmente, para essas regiões que vão ter serviços das mais diversas modalidades. Então, esse projeto é só mais um dos grandes passos que o Brasil vai dar”, revelou Fábio Faria.

Para o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, essa parceria tem tudo para deixar um legado tanto em educação quanto em conectividade. A ideia, segundo ele, é ampliar o processo de transformação digital, não só do banco, mas também dos brasileiros.

“Nós estamos discutindo localidades que podem receber o sinal. Com Wi-Fi no campo, por exemplo, o fazendeiro que tiver acesso à internet vai poder fazer suas transações bancárias sem precisar ir até uma agência física. Assim, nós teremos um cliente muito mais produtivo”, concluiu o presidente do Banco do Brasil.

Há duas semanas, no entanto, a instituição financeira anunciou uma reestruturação que prevê o fechamento de 361 unidades de atendimento e o desligamento voluntário de até 5 mil funcionários, o que provocou uma repercussão negativa no mercado.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos