+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Manifestantes pedem mais transparência do CGI em evento

Durante a cerimônia de abertura do 2º Fórum da Internet no Brasil, que acontece entre terça (3) e quinta (5) em Olinda (PE), manifestantes pediram mais transparência da instituição organizadora, o Comitê Gestor da Internet. A crítica foi rechaçada pelo órgão.

O protesto foi composto por membros da ONG coletivo intervozes e reivindicava a transmissão das reuniões mensais do plenário do CGI –o que ainda está sendo decidido pela alta cúpula do comitê.

Os manifestantes levaram cartazes com os dizeres “não basta o fórum; é preciso transparência”.

Integrantes do coletivo intervozes estendem cartazes durante o Fórum da Internet (Foto: Yuri Gonzaga)

O evento está sendo transmitido por meio de canais separados para cada atração. Veja neste link.

“Votaram isso na última reunião [do CGI] e decidiram que não abririam os eventos para a sociedade. Se o STF (Superior Tribunal de Justiça) e a Câmara têm sessões abertas, por que não o CGI?”, diz o diretor da ONG e participante do evento João Brant.

“Usa-se o argumento de que o STF transmite alguns de seus encontros, mas os ministros [do Supremo] se veem todos os dias –o que não é o caso dos participantes das plenárias mensais do CGI”, diz um dos coordenadores do CGI, Flávio Rech Wagner.

Wagner diz que ainda é necessária uma readequação de “toda a dinâmica das reuniões do comitê”, já que elas seriam realizadas de maneira demasiado informal.

“Estamos trabalhando nisso. Ninguém [do CGI] se posicionou contra o streaming. Mas isso tem que acontecer de maneira gradual.”

A princípio, segundo Wagner, as reuniões extraordinárias da entidade seriam transmitidas por essa tecnologia de vídeo-em-demanda –a entrada das plenárias no canal de vídeo seria um segundo passo.

Paulo Vitor Melo, que também faz parte do intervozes, acredita ser insuficiente a transmissão de reuniões extraordinárias. “O fato de esses encontros não terem data e pauta determinadas faz com que a participação da sociedade seja cerceada”, diz.

2º Fórum da Internet discute temas como banda larga no Brasil, direitos autorais e regulação da internet, com representantes do governo, do setor privado e de ONGs em cada um dos debates.

As inscrições são gratuitas e estarão abertas até a manhã desta quarta (4) no Centro de Convenções de Pernambuco, na divisa entre os municípios do Recife e de Olinda.

Próximos Eventos