Destaques

ITS lança ferramenta que identifica robôs em redes sociais

O Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro lançou uma ferramenta que mede a probabilidade de um perfil em rede social ser administrado por robô. Trata-se do PegaBot, projeto do IST junto com o Instituto Equidade & Tecnologia que verifica as atividades de determinada conta. Quanto maior a ‘nota’, maior a chance de que se trata de um ‘bot’.

Diferente da imagem mecânica tradicional, os bots são programas de computador criados para executar tarefas específicas. Alguns têm sido usados no envio de spam por e-mail, no roubo de dados pessoais de usuários, em fraudes de cartão de crédito e em ataques de desinformação para manipulação da esfera pública. O primeiro alvo é o Twitter, mas a Instituto avisa que outras plataformas também serão suportadas.

Com foco em combater a epidemia de notícias falsas, o PegaBot foi criado para tentar identificar esse tipo de ferramenta online. “Esses bots têm como objetivo espalhar mentiras para influenciar narrativas, um fenômeno que desde 2014 vem ganhando escala global. E pior: eles estão por aí e quase ninguém sabe como funcionam, quem os desenvolve e por quem são financiados. Para ajudar a combater esse problema, lançamos o PegaBot, uma ferramenta que traz mais transparência para o uso dos bots no Brasil”, diz o ITS.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos