Notícias

Instituto iraniano se candidata a sediar Centro de Tecnologia sobre o Clima

Nove organizações, entre elas um instituto iraniano, se candidataram a sediar o futuro Centro de Tecnologia sobre o Clima (CTC), órgão cuja criação foi deliberada no âmbito das negociações climáticas da ONU para ajudar os países mais pobres a enfrentar os impactos das mudanças climáticas.

Uma das candidaturas é liderada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e envolve organismos de doze países, informou o secretário da Convenção-quadro das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (UNFCCC, na sigla em inglês).

As outras candidaturas são impulsionadas por entidades únicas, como o Instituto de Pesquisas Iraniano da Indústria do Petróleo (RIPI), o Fundo para o Meio Ambiente Mundial (com sede em Washington e que financia programas ambientais) e o Instituto Tecnológico da Costa Rica.

O futuro Centro de Tecnologia sobre o Clima, cuja criação foi concebida em Cancún (México) em 2010 e detalhada em dezembro passado em Durban (África do Sul), será encarregado de dirigir uma rede mundial para ajudar os países em desenvolvimento a fazer frente aos impactos das mudanças climáticas.

Em maio próximo, em Bonn (Alemanha), um grupo de especialistas escolherá um local que deverá receber a aprovação dos 194 países-membros que participam das negociações sobre o clima na 18ª conferência das partes da Convenção-quadro, no fim do ano, no Qatar.

Fonte: Correio Braziliense

Próximos Eventos