+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Incubadoras oferecem orientação diversificada

As incubadoras de empresas contribuem para transformar produtos, processos ou serviços inovadores, concebidos por pessoas físicas ou jurídicas, em empreendimentos de sucesso. Aprender na prática é uma das grandes vantagens oferecidas por essas instituições. Mais do que ajudar no pleno desenvolvimento da ideia, especialistas também dão orientações sobre todos os aspectos que envolvem a administração de um negócio.

O Brasil possui cerca de 400 incubadoras que articulam mais de 6300 empresas, entre incubadas (2800), associadas (2000) e graduadas (1500), segundo dados da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

Neste ambiente as empresas dispõem de um espaço físico para desenvolver seus projetos. As consultorias são abrangentes, como: gestão empresarial e tecnológica, captação de recursos, contratos com financiadores, comercialização e assistência jurídica. A infraestrutura é outro atrativo, engloba laboratórios, bibliotecas, salas de reunião, serviços administrativos, assessoria de marketing e imprensa. O investimento para ter acesso a todos esses benefícios é praticamente inacessível para uma empresa nascente.

O programa Sebrae de Incubadoras foi criado para disseminar esta cultura de apoio empresarial, fortalecer as parcerias com as instituições e criar condições para que as empresas se tornem competitivas.

Desde 1996, a Anprotec faz uma pesquisa anual, em parceria com o Sebrae sobre o setor. Números mostram que 97% das incubadoras incentivam o empreendedorismo e 88% delas priorizam o desenvolvimento econômico regional. Empresas de incubadoras geram cerca de 33 mil postos de trabalho direto e as graduadas tem um faturamento estimado de R$ 1,6 bilhão. A taxa de mortalidade deste tipo de empreendimento está abaixo de 20%.

Fonte: Agência Sebrae

Próximos Eventos