+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Icann admite erro de cálculo na demanda por novos domínios

A Icann, organização responsável pela distribuição dos endereços de internet, admitiu erro no cálculo da demanda por novos nomes de domínio na web, além do .com e .net. O plano, divulgado em junho do ano passado, previa uma grande corrida por novos endereços de sites por permitir às empresas adicionarem sua marca ao fim da URL. Atualmente, existem 22 terminações de domínios – chamadas genericamente de endereços de primeiro nível (gTLDs).

“Não é uma demanda enorme”, admitiu o vice-presidente sênior da Icann, Kurt Pritz, ao jornal britânico Financial Times. De acordo com o executivo, cerca de 60% das pessoas consultadas pela empresa sequer sabiam da existência do projeto. Outras diversas fontes afirmaram a necessidade de esperar por uma segunda oportunidade para poder avaliar a necessidade de novos domínios.

Pritz ressalta que o período para inscrição para novos gTLDs vai até dia 29 de março, o que pode culminar em diversos pedidos de última hora. Na semana passada, a Icann confirmou a abertura de uma segunda leva de solicitações. Os novos pedidos são voltados a organizações que ainda estudam a mudança do nome de endereço. Desta vez, porém, pode levar até um ano para que os pedidos sejam aceitos pelo órgão. “O tempo de inscrição pode ser até dez vezes maior que o atual”, pontuou Pritz.

A Associação Nacional de Anunciantes da Inglaterra, representante de grandes marcas como Coca-Cola e Forte, lidera um forte lobby para atrasar ou interromper a estratégia da Icann. De acordo com a Verisign, existem hojecerca de 220 milhões de URLs na internet.

Fonte: TI Inside

Próximos Eventos