Notícias

Hospital da USP vira referência para pesquisas com humanos

Quando o Hospital Universitário (HU) da Universidade de São Paulo (USP) foi inaugurado, em 1981, seu Serviço de Laboratório Clínico (SLC-HU) tinha como missão apenas atender a demanda por exames dos pacientes atendidos na unidade. Desde 2004, porém, o SLC-HU vem se tornando referência para pesquisas com humanos feitas em todo o país.

No momento, 39 projetos são desenvolvidos com colaboração do SLC-HU, entre eles o Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), que conta com 15 mil voluntários, seis centros de pesquisa e pretende investigar aspectos epidemiológicos, clínicos e moleculares de doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes.

“Há alguns anos, os pesquisadores realizavam os exames em seu próprio laboratório. Compravam os kits e faziam. Mas hoje não se consegue publicar um trabalho feito dessa forma em uma revista especializada”, disse Marina Baquerizo Martinez, professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP e diretora do SLC-HU.

Para que se tenha certeza de que os resultados das pesquisas são confiáveis, segundo Martinez, é preciso que as amostras tenham sido analisadas em laboratórios acreditados. A legislação brasileira também passou a exigir, a partir de 1996, comprovação de boas práticas clínicas e laboratoriais nas pesquisas com humanos.

Notando a dificuldade de pesquisadores em encontrar locais adequados para coletar e analisar amostras, a direção do SLC-HU passou a investir na capacitação de seus funcionários e a buscar certificações que tornariam o laboratório apto a prestar esse tipo de serviço.

Em 2006, obteve a certificação por uma entidade acreditada pelo Inmetro com o NBR ISO 9001. Em seguida, o laboratório foi acreditado pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica por meio do Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (Norma PALC). Agora, busca a acreditação pelo Programa de Acreditação do College of American Pathologists (CAP).

“No Brasil, há outros laboratórios certificados, mas nosso diferencial é ter um setor exclusivo para receber amostras biológicas de projetos de pesquisa”, disse Martinez.

O SLC-HU conta com 74 funcionários e oferece exames nas áreas de análises clínicas, bioquímica, urinálise, hematologia, parasitologia, microbiologia, imunologia e hormônios. Trabalha ainda com técnicas de biologia molecular.

Fonte: Exame On Line com informações da Agência Fapesp

Próximos Eventos