+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

Hackers atacam sites do governo brasileiro; é a terceira vez no ano

O grupo de hackers brasileiros autodenominado LulzSecBrazil assumiu nesta madrugada que tirou do ar os sites da Presidência da República e do governo brasileiro. O anúncio de que os sites sairiam do ar foi anunciado via Twitter pelo grupo por volta da 1 hora da manhã. Os sites, porém, já voltaram ao ar. O grupo se diz uma filial do grupo estrangeiro LulzSec (Rindo da Segurança), que defende o ataque contra sites de governos, bancos e grandes corporações globais.

O ataque foi detectado pelo Serviço de Processamento de Dados (Serpro), que disse tratar-se de uma ação de robôs eletrônicos que invadiram às páginas da Presidência da República e da Receita Federal. Segundo o Serpro, o sistema de segurança onde os portais estão hospedados bloqueou todas as ações dos hackers, o que levou ao congestionamento das redes, deixando os sites indisponíveis durante cerca de uma hora. O órgão diz que este é o terceiro do ano e o maior já registrado.

O Serpro afirma que os dados e informações dos sites foram preservados. Somente o site da Presidência, disse a assessoria de imprensa do Serpro, recebeu cerca de 340 milhões de acessos em um período de uma hora. Os ataques ocorreram entre às 00h30 e 3h e os sites ficaram fora dor ar entre 00h40 e 1h40.

No começo da tarde desta quarta-feira, 22, porém, o grupo LulzSecBrazil voltou a atacar. Desta vez, o alvo foi o site da Petrobras, que em razão disso ficou fora do ar por cerca de 25 minutos.

Fonte: TI Inside

Compartilhe:

    Próximos Eventos