Notícias

Governos estaduais e municipais devem se alinhar ao sistema de alerta, diz MCT

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, disse que o Brasil precisa criar uma política de segurança sócio-ambiental. Na sua opinião, os governos municipais e estaduais têm um grande papel a desempenhar na consolidação do Sistema Nacional de Alerta e Prevenção de Desastres Naturais.

“O nosso sistema de alerta e prevenção vai tentar prevenir crises agudas, como desmoronamentos e inundações, além de acompanhar e tomar providências em relação à seca”, disse.

Segundo ele, é importante que as cidades antecipem o mapeamento geológico das regiões de risco e estruturem a defesa civil, tendo em vista que as mudanças climáticas são um agravo aos desastres naturais.

“A cidade do Rio de Janeiro já tem o próprio radar meteorológico, já fez um mapeamento geológico e vai começar a montar o sistema de alarme. O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, nos procurou para começar a instalar o programa e inclusive já vai comprar o radar que eles precisam”, antecipou.

O ministro também defende que os municípios definam um plano de orientação dirigido àqueles que moram em áreas de risco, até que o governo conclua o sistema. “As defesas civis dos municípios têm que orientar a população em situações de crise e se estruturar com um padrão de qualidade”. Com todas essas medidas, o governo federal espera reduzir o número de vítimas em 80% nas áreas cobertas pelo sistema, quando ele estiver em pleno funcionamento.

Fonte: Portal MCT de 25/01/2011

Próximos Eventos