Notícias

Governo trabalha com três orçamentos para o PNBL

Segundo o secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, a Telebrás atualmente estuda três cenários de investimentos para o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) em 2011, com recursos de R$ 350 milhões, R$ 600 milhões e R$ 800 milhões. “Foi um pedido do próprio ministro (das Comunicações) Paulo Bernardo ao Caio Bonilha (presidente da Telebrás), que sugeriu projetos de engenharia baseados nesses três orçamentos”, revelou.

O secretário preferiu não comentar a respeito da viabilidade da meta orçamentária de R$ 1 bilhão definida pela presidenta Dilma para o PNBL neste ano e se limitou a dizer que o governo trabalhará com parcerias em diversas esferas para adaptar o plano à verba disponível (até o momento, foram disponibilizados R$ 350 milhões). “Está sendo avaliado se investiremos mais em backbone ou backhaul, utilização do backbone óptico de empresas como a CEEE (Companhia de Energia Elétrica), de Porto Alegre, utilização de links internacionais na América do Sul, pequenos e médios provedores locais, incumbents, enfim, estamos conversando com todos para expandir a malha óptica ao maior número possível de cidades”, acrescentou Alvarez, que nesta terça-feira, 14, participou de um evento sobre cidades digitais realizado em São Paulo, pela Momento Editorial.
Fonte: Teletime

Próximos Eventos