Notícias

Governo de Minas avança nas discussões do Complexo Aeronáultico

A vocação de Minas para o setor aeroespacial será fortalecida. Em reunião nessa terça-feira (26), em Belo Horizonte, autoridades municipais, estaduais e federais, avaliaram estudo de ordenação territorial e a estrutura de capacitação necessárias para discutir o formato para consolidação do Complexo Aeronáutico do Estado de Minas Gerais. O objetivo foi alinhar todas as ações que existem no estado, como a implantação do Polo Aeroespacial de Tupaciguara, núcleos de formação profissional e estrutura de apoio logístico, promovidos pelo governo, empresas e instituições de ensino.
Segundo o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, será priorizada uma visão estratégica que estabelecerá nova vocação para Minas Gerais, potencializando pesquisa, conhecimento e produção na área aeroespacial. “Vamos transformar o que é a ideia do complexo aeronáutico em quatro polos em Minas Gerais, envolvendo as regiões no entorno dos municípios de Itajubá, Goianá, Lagoa Santa e Tupaciguara”, informou Rodrigues.
No polo de Lagoa Santa, próximo do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins), haverá investimentos na área de qualificação de mão de obra com a construção do Centro de Capacitação Aeroespacial. No polo de Itajubá, que abriga a Helibras, o objetivo é fortalecer a vocação para asas móveis, investindo, além da montagem de helicópteros, no início do processo industrial e nacionalização da produção de aeronaves.
No Polo Aeroespacial de Tupaciguara, serão implantadas unidades da Axis Aeroespacial Ltda e uma unidade do Instituto de Estudos Avançados (IEAv), comandado pela Aeronáutica, que desenvolverá pesquisas e experimentos na área de propulsão a laser de veículos aeroespaciais hipersônicos. O Polo será ancorado na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), que vai construir um campus no município para oferecer curso de aeronáutica. A indústria de aeronaves de aviação civil será liderada pela Axis, começando pela aeronave Tupã.
O último polo envolve o aeroporto de Goianá, próximo de Juiz de Fora, e que de acordo com Narcio Rodrigues pode oferecer logística para melhor exploração do pré-sal por parte da Petrobrás. “Trata-se de um aeroporto que tem condições de abrigar atividades que hoje a Petrobrás não tem onde realizar, e que vão se ampliar com o início do processo de exploração do pré-sal”, ressaltou o secretário.
Em busca de uma parceria com o Governo Federal, a reunião contou com a presença de Maria Luísa Leal, diretora da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). “O encontro sinalizou a forma como o Governo do Estado está conseguindo ordenar seu território, e, sobretudo, manter o foco no setor aeronáutico, que consegue ter um encadeamento tecnológico enorme. As prioridades que foram definidas pelo Estado e acertadas com a indústria aeronáutica têm a capacidade de alterar a estrutura produtiva e a configuração da indústria em Minas”, afirmou Leal.
De acordo com o subsecretário de Investimentos Estratégicos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), Luís Antônio Ataíde, o setor aeronáutico cresce exponencialmente, e nos próximos 10 anos, cerca de 70% de todo o comércio mundial será feito pelo meio aéreo. “Vamos inserir Minas Gerais na nova economia pela consolidação de um aeroporto-cidade, com a criação do Terminal 2 e do Aeroporto Industrial, resultando da reestruturação do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, que pode se tornar referência mundial e configurar Belo Horizonte como a primeira Aerotrópolis da América Latina”, disse Ataíde.
Também estiveram presentes na reunião o secretário-adjunto de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Evaldo Vilela, o subsecretário de Ensino Superior, Fábio Kallas, o presidente da Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec),Marcílio César de Andrade, o reitor da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), Dijon de Moraes, o reitor da Universidade de Itajubá, Renato Nunes, além de representantes da UFU e da prefeitura de Tupaciguara.
Fonte: SECTES-MG

Próximos Eventos