Notícias

Governador do RS anuncia editais com investimento de R$ 29 milhões

O governador Tarso Genro anunciou nesta quinta-feira (3) em solenidade no Palácio Piratini, em Porto Alegre, o lançamento de uma série de seis editais da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs) – entidade vinculada à Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, no valor de R$ 29 milhões. Estes primeiros editais de 2011 se destinam às áreas de iniciação científica e tecnológica, bolsas de pesquisa, inovação, intercâmbio científico e fomento à relação universidade/empresa.

“Ciência e Tecnologia não é custo, é investimento”, afirmou Tarso Genro, garantindo que esta será uma das prioridades de seus quatro anos de governo. Ele se comprometeu, diante de uma platéia composta em sua maioria por reitores, pró-reitores, pesquisadores e professores, a tomar todas as providências necessárias para que o Estado volte a ter protagonismo em ciência e tecnologia. “ Vamos buscar recursos inclusive junto ao governo federal, com o qual temos sólida parceria”, adiantou.

Em seu pronunciamento, o secretário da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cleber Cristiano Prodanov, argumentou que “o governo está empenhado em ações concretas onde a pesquisa e a inovação são centrais para o desenvolvimento regional”. Para o secretário, no entanto, para buscar recursos, é preciso ter projetos consistentes, alinhados com as propostas do governo a níveis estadual e federal.

O presidente da Fapergs, Rodrigo Costa Mattos, explicou os editais  lançados: Probic – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica onde serão financiadas 1.850 bolsas, com investimento de R$ 7,9 milhões; o Probiti – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação com 100 bolsas, no valor de R$ 432 mil. Os dois para um período de 12 meses.

Além destes, os outros editais são: o ARD – Auxílio Recém-Doutor, que conta com um investimento de R$ 2 milhões; o PqG – Programa Pesquisador Gaúcho, com R$ 6 milhões; o AOE – Auxílio à Organização de Eventos, com R$ 800 mil; e o Pronem – Programa de Núcleos Emergentes, em convênio com o CNPq, com recursos da ordem de R$ 12,5 milhões. Este programa visa apoiar as atividades de pesquisa científica, tecnológica e inovação em todas as áreas do conhecimento para pesquisadores com menos de 15 anos de doutorado.

Os pesquisadores interessados poderão consultar os editais PROBIC, PROBITI, ARD, PqG, AOE e PRONEM, no site da FAPERGS-www.fapergs.rs.gov.br, para procederem o encaminhamento dos projetos, conforme o perfil mais adequado.

Fonte: Portal SCT-RS de 11/02/2011