Notícias

Governador de SP vistoria obras do parque tecnológico

Em sua passagem por Botucatu nesta sexta-feira, 21 de janeiro, o governador Geraldo Alckmin vistoriou as obras do parque tecnológico da cidade, que está sendo construído em duas áreas que somam 286 mil m², na rodovia Gastão Dal Farra, próximo à rodovia João Hipólyto Martins (SP 209), que liga a rodovia Castello Branco a Botucatu. “Vai ser um parque muito importante para a geração de empregos, porque vai atrair novas empresas para a cidade”, disse o governador durante a vistoria.

O local será voltado principalmente à pesquisa e ao desenvolvimento de produtos e serviços na área de bioprocessos – procedimento tecnológico que utiliza sistemas biológicos, componentes e derivados de organismos vivos – para produção de medicamentos, insumos médico-hospitalares, produtos de agropecuária sustentável e também para prestação de serviços ambientais.

Sobre o projeto
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia destinou cerca de R$ 5 milhões para a construção de um prédio, onde será implantado o núcleo administrativo, com 1.274 m², que contará com salas de treinamento, instalações para coordenadoria, contabilidade, compras, manutenção e sala de espera, além de recepção, copa, sanitários, área de atendimento, hall, centro de exposições e anfiteatro.

Parque Tecnológico de Botucatu será implantado na Rodovia Gastão Dal Farra

Também está prevista a construção da portaria do parque e da infraestrutura interna e externa: alambrado, ruas asfaltadas, guias, sarjetas, calçadas, instalações elétricas, iluminação, rede de água, esgoto e escoamento de águas pluviais.

O empreendimento ficará localizado nas proximidades da Fatec, do aeroporto municipal, da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), do Centro de Treinamento da Prefeitura e da Estância Demétria. Dentro do plano, está prevista ainda a implantação de um condomínio industrial para empresas de base tecnológica, além de auditório, praça de alimentação, laboratórios, estacionamentos, biblioteca, incubadora de empresa, centros de ensino e P&D.

Potencialidades
Botucatu possui um forte potencial na área de ciência e pesquisa biológica, com a presença de cinco unidades da Unesp, além de uma Etec e uma Fatec do Centro Paula Souza e outras universidades. Para trabalhar em parceria com o novo empreendimento, a iniciativa privada da região dispõe de uma liderança tecnológica expressiva em seus segmentos de atuação, com a concentração de micro, pequenas, médias e grandes empresas, como Embraer-Neiva, Eucatex, Duratex, Caio Induscar e Grupo Centroflora.

Fonte: Portal SDCT SP de 27/01/2011

Próximos Eventos