Notícias

Gastos com TI das empresas brasileiras devem crescer menos neste ano, indica estudo

Os gastos das empresas brasileiras em tecnologia da informação totalizaram US$ 59,2 bilhões no ano passado. O valor representa uma expansão de 10,2% na comparação com o ano anterior, de acordo com dados de uma pesquisa anual realizada pelo Instituto Sem Fronteiras, com 1.140 companhias de médio e grande porte.

Segundo o estudo, mesmo com o crescimento de dois dígitos, o desempenho poderia ter sido ainda melhor caso o setor governamental não freasse os investimentos. Historicamente, não é comum os governos desembolsarem grandes quantias no primeiro mandato, e com a presidente Dilma não foi diferente. O setor financeiro também desacelerou os gastos em TI, em razão de os investimentos na modernização das infraestruturas terem sido realizados quase que totalmente em 2010.

Para este ano, apesar do otimismo reinante em todos os segmentos industriais, a pesquisa aponta para um crescimento menor dos gastos com TI, de 9%, apesar de somente 11% dos entrevistados terem declarado que  investirão menos em TI neste ano em relação a 2011.

De acordo com o estudo, os projetos de mobilidade, com destaque para aplicações com tablets, representam uma das maiores oportunidades. Em telecomunicações, essa tendência aparece ao lado da telefonia IP. Segundo o diretor de pesquisas do Instituto Sem Fronteiras, Ivair Rodrigues, o uso de dispositivos móveis foi citado pelos CIOs como o maior desafio a ser encarado, especialmente por causa de questões envolvendo a segurança. Outro ponto de preocupação, segundo ele, está na avaliação da qualidade dos serviços de TI prestados, que vem caindo, segundo  60% dos entrevistados que já possuem uma política de governança na área de TI implantada.

Fonte: TI Inside

Próximos Eventos