+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

Fapema vai criar a Casa Itinerante de Ciências

Objetivo é levar ideias científicas para o interior do Maranhão em forma de exposições e programas que percorrerão vários municípios

A criação do “Museu de Ciências Naturais” e do Projeto “Casa Itinerante de Ciência” e a instalação do Programa “Maranhão faz Ciência” são algumas das atividades que a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) colocará em prática nos próximos quatro anos.

Os novos projetos foram anunciados pela diretora presidente da Fundação, Rosane Guerra, em entrevista concedida ao programa Ciência Hoje, da Rádio Timbira, na segunda-feira (17).

“Todos os projetos têm como objetivo fortalecer a pesquisa no Maranhão”, afirmou Rosane Guerra. A Fapema está firmando parcerias com instituições públicas e privadas, estaduais e nacionais, para colocar as iniciativas em prática.

O Programa “Maranhão faz Ciência” está entre os editais que serão abertos nos próximos dias. O objetivo é apoiar atividades de ciência, tecnologia e inovação em escolas de ensino médio.

O objetivo do “Projeto Casa Itinerante” é levar idéias científicas para o interior do Maranhão em forma de exposições e programas que percorrerão vários municípios. O propósito é popularizar a ciência no cotidiano dos estudantes.

A previsão inicial é que o “Maranhão faz Ciência” e o “Projeto Casa Itinerante” comecem a ser colocados em prática este ano. O Museu de Ciências Naturais precisa de um tempo maior para ser executado. A missão de promover o interesse dos visitantes pelas ciências naturais, por meio de exposições, educação e pesquisa.

Ações em 2011

Rosane Guerra informou que, no passado, foram lançados 32 editais, e concedidos 443 auxílios. “Este ano vamos continuar investindo cada vez mais em ciência e tecnologia com novos editais e novos projetos de fomento à pesquisa, ciência e inovação, seguindo orientação da governadora Roseana Sarney”.

Dos 32 editais lançados, 27 já foram julgados e os recursos disponibilizados. Atualmente estão abertos no site da Fundação, no endereço www.fapema.br, cinco editais.

Os editais abertos são: Apoio a Projetos de Pesquisa para Formação da Rede de Pesquisa da Baixada Maranhense, Programa Bolsista Destaque, edital Universal, Apoio a Incubadoras de Empresas e o edital Programa de Cooperação Internacional entre a Fapema e o Institut National de Recherche en Informatique et Automatique, o INRIA.

Pesquisa na Baixada

Entre os editais, Rosane Guerra chamou a atenção para a Rede de Pesquisa da Baixada Maranhense. A iniciativa visa formar recursos humanos e promover conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação que contribuam para o desenvolvimento sustentável da Região.

O projeto tem abrangência nos municípios de Anajatuba, Arari, Bela Vista do Maranhão, Cajari, Conceição do Lago-Açu, Igarapé do Meio, Matinha, Monção, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Pedro do Rosário, Penalva, Peri-Mirim, Pinheiro, Presidente Sarney, Santa Helena, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Viana e Vitória do Mearim.

Fonte: Jornal da Ciência de 19/01/2011 com informações da FAPEMA

Compartilhe:

    Próximos Eventos