Notícias

Falta de prestação de contas leva diretor do Capes a deixar cargo

Um dos diretores da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) deixou o órgão, na semana passada, após a revelação de que ele estava inadimplente com a própria instituição.

Há seis anos, Emídio Cantídio de Oliveira Filho, diretor de programas e bolsas da Capes, devia esclarecimentos sobre as atividades realizadas com apoio financeiro do órgão.

Ele havia firmado, em 2006, três convênios para investimento em pesquisas acadêmicas e precisava prestar contas sobre como havia empenhado a verba. Somados, os projetos custaram R$ 66 mil, como revelou o jornal “O Estado de S.Paulo”.

No período em que solicitou o financiamento, Filho estava vinculado à Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e ainda não era funcionário da Capes.

A assessoria de imprensa da Capes, vinculada ao Ministério da Educação e responsável por cursos de pós-graduação no país, informou que Oliveira Filho já apresentou “os documentos relativos à prestação de contas” de um deles, no início do mês. O de menor valor: R$ 15 mil.

Agora, o ex-diretor terá cerca de 30 dias para apresentar a documentação dos dois convênios restantes, que receberam recursos de R$ 49,2 mil.

A exoneração ainda não foi publicada no “Diário Oficial da União”, mas a expectativa é de que sua saída e a nomeação do substituto sejam oficializadas ainda nesta semana.

Fonte: Jornal Folha de São Paulo

Próximos Eventos