+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Facebook investe em cabos submarinos e novas tecnologias de acesso à Internet para o próximo bilhão de pessoas

Para trazer mais pessoas online para uma internet mais rápida e confiável, o Facebook Connectivity anunciou investimento em instalação de cabos submarinos e novas tecnologias de acesso à internet de alta velocidade, para fornecer melhorias na capacidade da Internet em todo o mundo por mar, terra e ar. 

À medida que a Internet se torna cada vez mais difundida na forma como vivemos e trabalhamos, as tecnologias usadas para colocar as pessoas on-line não acompanharam o ritmo. Mesmo com o consumo de dados por pessoa aumentando em 20-30% a cada ano, quase metade do mundo está sendo deixado para trás – ou sem acesso adequado à Internet ou permanecendo completamente desconectado. 

“Vimos que as economias prosperam quando há uma internet amplamente acessível para indivíduos e empresas”, diz Cynthia Perrett, gerente do Programa de Fibra do Facebook. Na Nigéria, por exemplo, o aumento da conectividade de banda larga resultou em um aumento de 7,8% na probabilidade de emprego para pessoas em áreas conectadas a cabos de fibra óptica. Isso significa que para cada 1 milhão de pessoas que vivem em áreas conectadas à fibra, um adicional de 78.000 pessoas foram empregadas. Ou considere a República Democrática do Congo, onde o aumento da conectividade levou a um aumento de 19% no PIB per capita (US$ 789 contra US$ 663 em paridade de poder de compra). 

cabo-submarino-300x169
Este novo sistema de cabo baseia-se em nossas notícias recentes sobre 2Africa Pearls, o cabo submarino que conecta a África, Ásia e Europa, e torna o sistema de cabo 2Africa o mais longo do mundo, ajudando a conectar até 3 bilhões de pessoas.

Os cabos submarinos estabelecem a base para a Internet global conectando continentes e, à medida que construímos mais de 150.000 quilômetros deles com nossos parceiros, também estamos trabalhando em novas tecnologias que permitirão que boias flutuantes movidas a energia solar no meio do oceano ajudam esses cabos a transportar volumes muito maiores de dados. 

Bombyx-Shot-1-300x200
Para reduzir o tempo e o custo necessários para implantar a Internet de fibra ótica nas comunidades, o robô chamado Bombyx que se move ao longo de linhas de energia, envolvendo-as com cabos de fibra

Em terra, desenvolvemos o Bombyx, um robô que tem o potencial de reduzir drasticamente o custo de distribuição de cabos de fibra óptica para comunidades, movendo-se autonomamente ao longo de linhas de energia e enrolando-os com cabos. E para áreas urbanas densas e ambientes que dificultam a implantação de fibra, nós construímos Terragraph, uma tecnologia sem fio que transmite internet com velocidade de gigabit pelo ar para conectar residências e empresas. 

“Por meio de nossos esforços de conectividade, ajudamos a acelerar o acesso de mais de 300 milhões de pessoas a uma internet mais rápida e esperamos permitir conectividade acessível de alta qualidade para o próximo bilhão”, disse Dan Rabinovitsj, vice-presidente de conectividade do Facebook. 

Cabos submarinos: construindo infraestrutura por meio da inovação 

Embora a fibra tenha um enorme potencial para melhorar a conectividade, mais de 70 por cento do mundo ainda vivia a mais de 10 quilômetros de distância da fibra em 2019. Isso se deve em parte a alguns desafios muito difíceis dos quais a maioria das pessoas não está ciente, mas teria um enorme impacto se resolvido. Esses desafios incluem terrenos acidentados, como montanhas e desertos; altos custos para as operadoras construírem fibra em áreas rurais escassamente povoadas; e a falta de materiais acessíveis que possam suportar as condições climáticas adversas, que variam de ventos fortes ao calor do deserto. 

“Por esse motivo, continuamos a investir na melhoria dos cabos de fibra ótica submarinos e na expansão de seu alcance para que possamos conectar melhor mais pessoas. Por exemplo, até recentemente, os cabos submarinos transoceânicos eram compostos de apenas dois a oito pares de fibras. Fizemos parceria com vários participantes da indústria para expandir esses limites e hoje temos o prazer de anunciar o primeiro sistema de cabo submarino transatlântico de 24 pares de fibras que conectará a Europa e os Estados Unidos com uma capacidade de meio petabit por segundo – isso é meio milhão de gigabits! Para colocar isso em perspectiva, isso é 200 vezes a capacidade dos cabos transatlânticos construídos no início dos anos 2000” explica Rabinovitsj. 

Fonte: TI Inside em 07/10/2021

Próximos Eventos