+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Fabio Faria garante que sem mudar edital, 5G vai levar Internet às escolas

O Ministro das Comunicações, Fabio Faria, mesmo depois da cobrança do ministro da Economia, Paulo Guedes, e dos próprios colegas parlamentares da Câmara Federal, mantém a sua posição: não precisa mudar o edital 5G para incluir conexão nas escolas como obrigação a ser cumprida pelas operadoras vencedoras do certame.

Ao portal Convergência Digital, a assessoria de imprensa do MCom, informa que o ministro ‘reitera o que tem afirmado ao longo dos últimos meses: o leilão do 5G levará internet para todas as capitais conectadas até 2022 e para todas as cidades com mais de 30 mil habitantes até 2028. É a cidade inteira conectada, todos os seus habitantes, tudo conectado”.

Observa ainda que com o “leilão do 5G, 72 mil das 85 mil escolas urbanas do país receberão o 5G standalone – e as demais terão atendimento por 4G. Na zona rural, o MCom já conectou, nos últimos dois anos, 10 mil escolas que não tinham acesso à banda larga. E o leilão levará cobertura de 4G para mais 7 mil escolas rurais”.

Adiciona ainda: “As demais escolas rurais, que possuem energia elétrica e a infraestrutura necessária (13,5 mil) receberão banda larga pelo Programa Wi-Fi Brasil, até julho de 2022. Portanto, todas as escolas estão contempladas pelas políticas do MCom”.

O programa Wi-Fi Brasil utiliza o satélite geoestacionário da Telebras para levar conexão via satélite às cidades. A questão a se colocar à mesa é: a Telebras segue no Programa de Privatização do Ministério da Economia e tem venda prevista para o primeiro semestre de 2022. O portal Convergência Digital publica o material recebido pelo Ministério das Comunicações.

O ministro Fábio Faria reitera o que tem afirmado ao longo dos últimos meses: o leilão do 5G levará internet para todas as capitais conectadas até 2022 e para todas as cidades com mais de 30 mil habitantes até 2028. É a cidade inteira conectada, todos os seus habitantes, tudo conectado. Com o leilão do 5G, 72 mil das 85 mil escolas urbanas do país receberão o 5G standalone – e as demais terão atendimento por 4G. Na zona rural, o MCom já conectou, nos últimos dois anos, 10 mil escolas que não tinham acesso à banda larga. E o leilão levará cobertura de 4G para mais 7 mil escolas rurais. Todas as demais escolas rurais que possuem energia elétrica e a infraestrutura necessária (13,5 mil) receberão banda larga pelo Programa Wi-Fi Brasil, até julho de 2022. Portanto, todas as escolas estão contempladas pelas políticas do MCom.

Fonte: Convergência Digital em 16/08/2021

Próximos Eventos