Notícias

Evento internacional estimula inovação no Amazonas

Nos dias 8 e 9 de junho, Manaus será sede do 2º Workshop Internacional de Inovação do Amazonas (InovAmazonas 2011).
O evento será aberto ao público e objetiva de incentivar a prática da inovação nas empresas e aproximá-las das universidades e institutos de pesquisa. Realizado pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Amazonas (Sect), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), o InovAmazonas 2011 traz palestras sobre diversos temas, como mecanismos de apoio à inovação e orientações sobre como empresas inovadoras podem ter acesso à capital de investidores.

Entre os palestrantes, o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério de Ciência e Tecnologia, Ronaldo Mota; o representante da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Mól; a gerente executiva da Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (ABVCap), Ângela Ximenes.

O presidente da Rede Europeia de Living Labs (EnoLL), Álvaro Oliveira, dá o tom internacional ao evento. Ele realizará uma agenda específica com os representantes dos living labs locais e de outras partes do País. Living labs são espaços para a inovação aberta e a prática da pesquisa com foco no usuário final, ou seja, a nova tecnologia mundial é exposta ao consumidor que pode relatar suas experiências, impressões e sugestões de melhorias.

O evento tem ainda um espaço onde instituições de ensino e pesquisa (Inpa, Ufam, UEA, Ifam e Fucapi) apresentarão a empresas interessadas suas patentes disponíveis para comercialização, estimulando a transferência de conhecimentos da academia para o setor produtivo. Além disso, empresas contempladas por editais de fomento também mostrarão seus casos de sucesso, explicando como estes recursos alavancaram seus negócios.

Entre os expositores estão empresas das áreas de fitofármacos, fitocosméticos, produtos naturais, tecnologia da informação, produtos alimentícios e turismo. Em paralelo, pontos de atendimento de instituições responsáveis por editais e outras formas de apoio à inovação (Fapeam, Sebrae,  IEL, Fucapi e Senai) estarão à disposição dos empresários e empreendedores para explicar e tirar dúvidas sobre o processo de submissão de projetos e programas de apoio à inovação.

O titular da Sect, Odenildo Sena, explica que é preciso incentivar a inovação por meio da troca de conhecimento e da transferência de tecnologia para o mercado. Ele ressalta ainda que a inovação tecnológica é muito importante em nosso estado principalmente pela grande diversidade da região amazônica. “Precisamos impedir que nossas matérias-primas sejam levadas para fora e devolvidas sob forma de produtos caríssimos sem deixar nenhuma riqueza aqui”.

Fonte: SECT Amazonas