+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Escolas de programação para crianças ganham popularidade

Graças a Jayme Nigri, mais de mil crianças já começaram a aprender a programar. Seus próprios conhecimentos nesta área, no entanto, não são lá muito avançados. A história pode parecer um pouco contraditória, mas tudo se encaixa.

Nigri é fundador e sócio de uma escola de programação, a Futura Code School. A ideia de começar esse negócio surgiu depois de um pedido do presidente Barack Obama a crianças americanas: “Não comprem um novo videogame. Desenvolvam um”.

Nem jovem, nem programador, Nigri ouviu as palavras do presidente. “Quando assisti [ao vídeo no qual Obama diz isso], pensei: ‘É o Obama se dirigindo às crianças e pedindo para que elas aprendam a programar. O que isso significa?’”, conta a EXAME.com.

O pedido de Obama fazia parte do projeto “Hour of Code”, que conta com ícones como Bill Gates, cofundador da Microsoft, e Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do Facebook. Com as palavras de Obama ainda ecoando em sua cabeça, Nigri uniu-se ao sócio e físico Mário Menezes. Da parceria nasceu a escola que ensina ao público de seis a 17 anos os conceitos da programação.

Localizada no bairro de Perdizes, em São Paulo, a escola oferece cursos usando um sistema de aprendizado simples e lúdico. As aulas têm como base a criação de jogos e aplicativos. Para isso, são utilizadas plataformas como Scratch, Blockly eStencyl, que “ilustram” códigos por meio de blocos. A ideia é ensinar a lógica da programação antes das linguagens em si.

A Futura Code também atende a escolas que desejam incluir a programação em sua grade curricular. A instituição tem uma vertente social que inclui parcerias com ONGs e oferece aulas gratuitas para crianças que não têm condições de pagar.

Divulgação/SuperGeeks Jardins

SuperGeeks

SuperGeeks: o curso regular se divide em nove fases e envolve uma imersão por todas as áreas

Mais do que uma brincadeira

Também adotando plataformas de programação em blocos, a Supergeeks é outra escola que investe na tendência. O fundador Marco Giroto morou nos Estados Unidos e percebeu que a presença da disciplina nas escolas já estava mais consolidada.

“Quando cheguei, notei um movimento em prol da ciência da computação. Quis trazer a ideia ao Brasil”, relembra. Marco aprendeu a programar aos 12 anos e acredita que a experiência foi importante. “Aprender a programar fez com que meu pensamento se tornasse lógico, com facilidade para resolução de problemas. A criatividade também é constantemente usada e treinada.”

Ele e a esposa, Vanessa Ban, deram início ao projeto no final de 2013. A ideia era oferecer aulas a escolas, mas nenhuma instituição procurada se interessou. A alternativa foi abrir uma unidade própria; hoje já são mais de 30 pelo país. A escola atende a alunos de sete a 16 anos e a duração dos cursos varia de um mês a cinco anos (este é dividido em nove fases e envolve programação avançada).

EXAME.com acompanhou uma aula na unidade SuperGeeks Jardins, em São Paulo. Turmas de até 12 alunos integram um jogo online estilo RPG no qual cada aluno é um personagem. Participar positivamente, como respondendo a perguntas, dá pontos ao aluno e faz com que ele suba de nível. O oposto ocorre caso o aluno atrapalhe a aula.

O fundador enfatiza que a habilidade não deve ser encarada somente como rumo profissional. “A programação não serve só para a criança se tornar programadora; não aprendemos matemática para sermos matemáticos e biologia para sermos biólogos. São coisas relacionadas à nossa vida, e com a programação não é diferente.”

Reinventando o tradicional

A expansão dessa área tem feito com que instituições tradicionais se adaptem. OColégio Elvira Brandão, de São Paulo, reestruturou as disciplinas de tecnologia e passou a incluir a programação no cotidiano dos estudantes.

Enquanto no ensino integral os alunos têm um currículo extra dedicado à tecnologia, no regular os professores incluem a programação como ferramenta no ensino das matérias escolares.

“A escola tem 112 anos e está consciente de que, se não se reinventar, não sobrevive mais 100 anos”, explica Renato Judice, diretor da instituição. Ele detalha que as mudanças, adotadas a partir de 2015, estão sendo aos poucos absorvidas pelos alunos. “Muitos dão retorno positivo e demonstram empolgação; outros ainda estão se acostumando”, explica.

O novo inglês?

Mitchel Resnick, diretor do grupo Lifelong Kindergarten, do MIT Media Lab, defendeu que aprender programação é tão importante quanto ler ou escrever. Já no Brasil, tem sido comum comparar a importância dessa habilidade com a do aprendizado de inglês.

“Há 20, 30 anos, houve o boom das escolas de inglês, que não eram consideradas tão importantes. Com o tempo, essa habilidade passou a ser mais necessária”, diz Jayme Nigri, da Futura Code. “A programação é, também, uma linguagem universal, mas não tenho a convicção de que chegou para substituir o inglês.”

Já para Marco Giroto, da SuperGeeks, o inglês corre o risco de perder sua posição. “Vejo o aprendizado da ciência da computação como mais importante”, diz. Ele destaca que a nova geração tem motivos para ir atrás desse aprendizado. “O pessoal que vai estar trabalhando daqui a 10 anos, terá dificuldade maior de arrumar emprego se não tiver esse conhecimento. A língua mais falada no mundo é o mandarim, mas poderíamos dizer que é o binário.”

Fonte: Exame

how to throw a slurveThere goes Adrian Peterson. It is clear from his remarks that he recognizes his leadership role, both on and off the field, and that he truly cares about the kids watching him. His dismal time as coach of the Kansas City Chiefs has been largely forgotten thanks to the prolific offense he installed with Ben Roethlisberger in Pittsburgh. Intense preparation, daily practice and adjusting life to meet the sport needs may dominate an athlete life. She makes nearly every decision, whether large or small. The defense cannot reach across the Cheap NFL Jerseys out of bounds line and touch the ball or the passer. Some fans are calling for backup quarterback Brodie Croyle to replace Cassel, though Croyle has a history of injuries and inept quarterback play. So we thought we rank every NFL decision maker, factoring in draft picks, free agent signings and cap cheap fake oakleys management. By cutting out highly coloured and root vegetables such as oakley sunglasses red peppers and carrots, and substituting them with low carb pak choi and spinach, I lost 8lb in a week. The Diners, Drive Ins and Dives Tournament continues as four more DDD chefs try to win a Flavortown shopping spree and a spot in the finale. Know your own strengths. Among all the sons of Arabia, he has the greatest of all minds. A female passenger removed her pantyhose while the guys looked the other way. Doing the math, it works out to a salary of about $2000 per minute of airtime. They ranked way behind the Red Sox, Bruins and Celtics in popularity in Boston. His role is to cover the deep thirds. “2014 is looking good so far. If you stay up every night to engage in a creative activity of some sort, you’ll probably be doing that for the rest of your life. One colleague, who has now left the job, was intentionally driven into by a bandit car recently stolen by means of burglary. It’s cheap oakleys outlet players that you know, they’re really demanding a lot of money right now, and those players are not I feel like they are not being productive on the field. The Thermos King Beverage 44 oz travel mug is the only one that will fit inside of a modern car cup holder.. You can try to do both, but this will require a large amount of start up capital. NFL mediated inhibition was abrogated by the coexpression of soluble Jagged1 (sJag1; Figure 2a), which inhibited Notch processing and release of the intracellular domain (Supplementary Figure 1B). Buffalo’s six turnovers are fewest in NFL. I have wholesale jerseys china met with hundreds of patients, dozens of scientists and the curious majority who simply want a deeper understanding of this ancient plant. Cappelletti had just two years of play as a running back at Penn State, but in his short career he made a big statement with his play on the field.

Próximos Eventos