+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Empresas planejam aumentar investimentos em TI e em P&D, aponta pesquisa da Grant Thornton

Apesar das muitas incertezas com relação ao controle da pandemia de covid-19, os empresários brasileiros figuram entre os mais otimistas no cenário global, principalmente quando o tema é investimento. O resultado da pesquisa da Grant Thornton mostra essa tendência em Tecnologia da Informação (TI), por exemplo, na qual 80% dos entrevistados preveem incrementos, contra uma média global de 51%.

“Impulsionadas pela pandemia, muitas organizações tiveram de buscar na tecnologia maneiras para transformar seu modelo negócio e conseguir sobreviver economicamente. O uso da tecnologia e seus diversos meios tornou-se um aliado importante para retomar o crescimento e a expansão dos negócios”, afirma Marcos Tondin, sócio da área de Tecnologia e Soluções da Grant Thornton Brasil.
Outras áreas também se destacaram, como a de pesquisa e desenvolvimento, que para 68% dos empresários deve ganhar mais atenção no Brasil. Globalmente, o índice médio ficou em 44%. Na mesma linha segue o investimento em habilidades da equipe, importante para 70% no Brasil e 45% na média global. Para 60% dos entrevistados brasileiros as instalações e máquinas devem receber mais investimentos, contra uma média global de 38%.

Os empresários apontaram também os entraves, os quais dificultam a expansão de seus negócios. Incertezas econômicas, burocracia e excesso de regulamentação são os maiores problemas para 58%, a disponibilidade de mão de obra qualificada é empecilho para 53%, seguida de escassez de pedidos / demanda reduzida (52%). O custo de energia (48%) e a escassez de financiamento (47%) também estão entre os principais entraves, com índices muito próximos aos da média global.
Com relação ao salário de funcionários, somente 15% dos entrevistados acreditam que haverá aumento real nos próximos 12 meses, índice abaixo da média global, que ficou em 21%.

Para Daniel Maranhão, CEO da Grant Thornton Brasil, há um crescimento do otimismo com relação à recuperação da economia nos próximos 12 meses em diversos países, principalmente no Brasil. “O otimismo entre os empresários aumentou muito por conta das vacinas contra a covid-19, que trazem a esperança da volta do consumo aos patamares pré-crise e, consequentemente, a necessidade de maiores investimentos. No entanto, é importante lembrar que ainda estamos num cenário nebuloso. Não sabemos ao certo qual a velocidade da vacinação no Brasil e, principalmente, se o atual ambiente político brasileiro permitirá a aprovação das importantes reformas. De qualquer forma, é fundamental para o país que as empresas mantenham seus investimentos no curto prazo, mas sempre com o pé no chão, pois o cenário ainda requer prudência.”

Fonte: TI Inside em 19/03/2021

Próximos Eventos