+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Empresa quer 10% do mercado de aerogeradores do Brasil

A catarinense Weg, uma das principais indústrias eletromecânicas do país, deverá entrar nos próximos meses no crescente mercado de aerogeradores do Brasil com o objetivo de em três anos alcançar 10% do mercado total, o que representaria um faturamento em torno de R$ 500 milhões, considerando os preços atuais. A informação é de João Paulo Gualberto da Silva, gerente Comercial da Weg-Mtoi Aerogeradores. A empresa foi criada no primeiro semestre deste ano a partir da parceria firmada com a espanhola M Torres Olvega Industrial (Mtoi), companhia detentora da tecnologia dos aerogeradores que serão produzidos pela Weg para geração de energia elétrica a partir de fonte eólica.

Segundo Silva, a estimativa de mercado feita pela empresa é de que em três anos o mercado brasileiro de aerogeradores estará demandando equipamentos para gerar de 1,5 mil a 2 mil megawatts (MW) a mais por ano, o que em valores representaria algo em torno de R$ 5 bilhões. A Weg-Mtoi vinha trabalhando com a meta de ter pronto seu primeiro aerogerador, fabricado na unidade industrial de Jaraguá do Sul até 30 de novembro, mas Silva avalia que esse prazo deverá ser estendido para a segunda quinzena de dezembro.

Silva disse também que a Weg decidiu entrar no mercado de aerogeradores com tecnologia importada “por uma questão de tempo”. Segundo ele, o desenvolvimento de um produto novo exigiria uma demorada fase de testes em um momento em que o mercado está demandando o produto já. “Decidimos comprar a confiabilidade da tecnologia já testada”, afirmou.

Fonte: Valor Econômico

Próximos Eventos