Notícias

Edital para parcerias entre Brasil e instituições da União Européia recebe inscrições até o dia 18

O Programa de Cooperação Brasil-União Europeia na área de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) irá investir R$ 11,5 milhões oriundos do FNDCT/Fundo Setorial CT-INFO. A iniciativa do CNPq e do Ministério da Ciência e Tecnologia vai permitir o desenvolvimento de pesquisas em áreas estratégicas, além de possibilitar a interação entre redes de pesquisadores e empresas do Brasil com grandes centros de pesquisa na Europa.

O objetivo do Edital é apoiar propostas no segmento de Tecnologias da Informação e Comunicação, para a criação de infraestrutura de pesquisa e desenvolvimento laboratorial e de recursos humanos que permita o uso eficaz de tecnologias de ponta, com eficiência e competitividade internacional em todos os setores da sociedade. Os resultados esperados incluem o desenvolvimento de pesquisas em tecnologias emergentes e futuras, com base em uma das cinco linhas de pesquisa disponíveis .

A data limite para submissão é 18 de janeiro. As propostas deverão necessariamente envolver parceria com grupos de pesquisa sediados em um país da União Europeia e, prioritariamente, mais de uma instituição brasileira e empresas como instituições colaboradoras. O proponente deve ser brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil, com visto permanente, possuir o título de doutor e currículo cadastrado na Plataforma Lattes, além de ser obrigatoriamente o coordenador do projeto e ter vínculo formal com a instituição executora.

Os projetos devem ser encaminhados ao CNPq exclusivamente por meio do Formulário de Propostas Online , disponível na Plataforma Carlos Chagas . Além disso, os pesquisadores estrangeiros precisam apresentar Curriculum Vitae em inglês. A divulgação dos resultados está prevista para junho deste ano.

O modelo de currículo de pesquisador estrangeiro está disponível em: ftp://ftp.cnpq.br/pub/doc/coopinternacional/cv_eng.doc

Para saber mais consulte o Edital: http://www.cnpq.br/editais/ct/2010/066.htm

Fonte: Fonte CNPq de 13/01/2011