+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Cresce a busca por centros alternativos de serviços de TI, diz Gartner

O amplo domínio da Índia como centro de entrega de serviços de tecnologia da informação (TI) começa a ser desafiado, pouco a pouco, por uma nova tendência: a criação de centros em mercados alternativos para o atendimento de clientes multinacionais, principalmente sob o conceito de “nearshore”, no qual os serviços são oferecidos a partir de países mais próximos e com diferença menor de fuso horário. A conclusão pertence a um estudo divulgado hoje pela empresa de pesquisas de tecnologia Gartner.

As oportunidades de negócios estão crescendo em mercados emergentes, e isso está fazendo com que as companhias reavaliem suas escolhas de entrega global”, afirmou Ian Marriott, vice-presidente de pesquisas do Gartner.

Segundo a pesquisa, atualmente, 63% dos compradores de serviços de TI usam infraestrutura de entrega de serviços na América Latina, mesmo índice obtido pela região Ásia-Pacífico. A região da Europa, Oriente Médio e África ficou com 55% nesse quesito. No mercado latino-americano, o Brasil é o segundo a atrair mais contratos, com 46,8%, atrás apenas do México, com 50,2%. Em relação aos clientes da Europa Ocidental, o estudo aponta que 35% deles contratam serviços prestados a partir da Índia; 21% da Polônia; 18% do Brasil; e 16% da China.

Para Marriott, novas regiões como Brasil, Polônia e Malásia vão oferecer valiosas contribuições para aprimorar a entrega de serviços dos provedores, embora os fornecedores não pretendam que esses países substituam a Índia como principal centro. Na avaliação do Gartner, essas novas localizações vão ganhar importância à medida que os clientes estão ampliando a busca por benefícios como redução de custos, atendimento no idioma local, maior compatibilidade cultural e proximidade.

Fonte: Valor Econômico

Próximos Eventos