Notícias

Coreia do Sul sofre seu possível maior ataque hacker

A agência de Comunicações da Coreia do Sul disse nesta quinta-feira, 28, que hackers chineses atacaram um site e um portal de blogs gerenciados pelo SK Comms e tiveram acesso a informações pessoais de quase 35 milhões de usuários.

O incidente, que pode ser o maior ataque hacker já ocorrido no país, se deu após uma série de ataques a empresas sul-coreanas durante os últimos meses, expondo a vulnerabilidade das redes no país mais conectado do mundo.

A Comissão de Comunicações da Coreia disse em comunicado que os ataques desta manhã tinham o objetivo de roubar números de telefone, endereços de e-mail, nomes e senhas dos usuários do portal Nate e do portal Cyworld, ambos administrados pela SK Comms.

A polícia está investigando o caso e ainda não pediu a ajuda de autoridades chinesas, afirmou um funcionário da comissão.

As acusações contra a China pelos ataques cresceram nos últimos meses, entre elas a de invadir as redes da Lockheed Martin e outras empresas privadas militares dos Estados Unidos e de tentar acessar as contas Gmail de cidadãos norte-americanos e defensores chineses de direitos humanos.

A Coreia do Sul elaborou recentemente um plano geral de segurança digital depois de uma onda de ataques contra instituições globais e empresas financeiras. Em abril, Nonghyup, um grande banco sul-coreano financiado pelo governo, sofreu uma falha em sua rede que afetou milhões de usuários e responsabilizou hackers da Coreia do Norte pelo ataque.

Em maio, hackers violaram informações pessoais de 1,8 milhões de clientes da Hyundai Capital, de propriedade da Hyundai Motor e GE Capital International. AS ações da SK Comss, uma divisão do conglomerado SK Group, caíram 6% nesta quinta.

Fonte: Agência Estado

Próximos Eventos