Notícias

Concitec quer colocar a inovação em pauta no Espírito Santo

O Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Concitec), formado por representantes de entidades e institutos de pesquisa do Espírito Santo, realizou sua primeira reunião de 2011. Os principais assuntos de pauta foram a gestão do sistema estadual de CT&I, a posse dos novos conselheiros e aprovação dos nomes para compor o Conselho Científico Administrativo da Fapes, o CCAF. Uma determinação desta primeira reunião foi aprofundar as ações de fomento à inovação no Estado.

O Sistema Estadual de Ciência e Tecnologia é formado pela Sect, Fapes e Concitec. A principal função do Conselho é debater e determinar as diretrizes da política estadual de CT&I. Atualmente ele é formado pelos seguintes representantes: Luciano Raizer de Moura (Findes); Ronye Berger (Ales); Laécio Ferracioli (SBPC); Gláucia Zoldan (Sebrae); Fábio Ahnert (Iema); Francisco Emmerich (Ufes), Luis Fernando Schettino (MCT), Alexandre Theodoro (Sinepe); Sonia Coelho (Sedes); Aureliano Nogueira (Seag); Jadir Pella (Sect) e Anilton Sales Garcia (Fapes).

O diretor presidente da Fapes, Anilton Sales Garcia, afirmou que é preciso dar mais ênfase à inovação no sistema estadual. “Precisamos colocar a inovação em pauta e para isso vamos trabalhar para unir a produção da academia com a capacidade de empreendimento do setor produtivo”, disse Anilton.

O representante do Sistema Findes, Luciano Raizer Moura, foi enfático ao informar que algumas ações estão sendo desenvolvidas no sistema para incentivar a inovação nas empresas. “Até o mês de abril estaremos aplicando uma metodologia que leve a inovação para a micro e pequena empresa. Vamos fomentar isso com mais critério”, disse.

Ainda sobre inovação na sociedade, Gláucia Zoldan, representando o Sebrae, disse que é preciso reunir todos os atores e unificar esforços para que a inovação seja pautada com mais freqüência. “Já conseguimos reunir algumas instituições para lançarmos o prêmio Inova-ES, mas precisamos de consolidar uma agenda da inovação no Espírito Santo”, disse Zoldan.

Satisfeito com o resultado da reunião, o secretário Jadir Pella concordou com as ponderações e afirmou que esta primeira reunião mostrou que o conselho está afinado e com muita vontade de trabalhar. Segundo Jadir, as ações da Sect neste ano devem contar com maior participação do Concitec. “Nós queremos que o Concitec seja a cada dia mais atuante no sistema. Os projetos e ações serão debatidas e orientadas por estas pessoas, que representam a sociedade capixaba”, disse o secretário.

Fonte: SECT-ES Ascom