Notícias

CNPq entrega prêmios de foto e iniciação científica e tecnológica

Os vencedores de 2012 dos prêmios Fotografia – Ciência & Arte e Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica receberam sua premiação e troféus, nesta terça-feira (16), das mãos do presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), Glaucius Oliva, na abertura da 9º edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, no Distrito Federal (SNCT/DF).

Durante a cerimônia, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, deixou registrados seus parabéns aos ganhadores. “Todas essas iniciativas que promovem a ciência ou estimulam a sua divulgação devem ser merecedoras do nosso reconhecimento”, afirmou.

Já o presidente do CNPq ressaltou o papel dos prêmios na motivação dos jovens pela pesquisa. “A atividade de ciência, tecnologia e inovação, assim como a de arte, tem como um de seus principais componentes esse reconhecimento”, disse Glaucius, após o evento. “Muitas vezes o trabalho do cientista fica restrito ao seu laboratório ou a publicações internacionais, eventualmente lidas. A ciência é feita por pessoas, e reconhecer o que elas fazem é extremamente importante, especialmente para a juventude.”

Novas categorias

Criado em 2003, então apenas como Destaque na Iniciação Científica, o prêmio ganhou neste ano três categorias voltadas à iniciação tecnológica. “A gente quer reconhecer esses jovens que veem na ciência uma maneira de resolver os problemas da sociedade, não só por seu aspecto fundamental, de avançar a fronteira do conhecimento, mas também pelo de usar rapidamente esse conhecimento em busca de soluções”, disse Glaucius.

Os vencedores da décima edição do prêmio recebem bolsa de mestrado, R$ 7 mil e passagem aérea e hospedagem para participar da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), parceira do CNPq na iniciativa, ao lado da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Uma terceira seção do prêmio, denominada Mérito Institucional, homenageia a entidade com o maior índice de egressos do Programa de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) titulados na pós-graduação, em cursos reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC). O presidente do CNPq entregou o troféu à Universidade Federal de Viçosa (UFV), representada por sua reitora, Nilda de Fátima Soares.

Fotografia

Em sua segunda edição, o concurso Fotografia – Ciência & Arte premia os três mais bem colocados em seis categorias, uma delas associada ao tema da 9ª SNCT, “Sustentabilidade, economia verde e erradicação da pobreza”. “Vejo esse prêmio como um instrumento fantástico de a gente conseguir passar, por meio de imagens, o valor, a importância, o poder da ciência”, disse Glaucius.  Ele acrescentou que “chamar atenção pela arte é algo que estamos aprendendo a fazer, como uma forma de mostrar um pouco da beleza da arte e do trabalho do cientista.”

Para o biólogo Márcio Buffolo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), agraciado na categoria Ilustração Científica ou Conceitual, o prêmio merece se tornar mais reconhecido, uma vez que divulga o trabalho de formação de imagens. “No Brasil, temos dificuldade de produzir fotos de qualidade por causa da precariedade de equipamentos”, avaliou. “Então, esse prêmio é um incentivo para que possamos inserir imagens em periódicos de qualidade, para que se consiga dar mais visibilidade às pesquisas.”

As fotos e o nome dos premiados estão no estande do CNPq na SNCT , no Distrito Federal, que está sendo realizada  no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade (ExpoBrasilia).

Fonte:  Rodrigo PdGuerra – Ascom do MCTI

Próximos Eventos