Notícias

Ciência nas férias com o Espaço Ciência em Recife(PE)

O que você vai fazer nestas férias? Que tal brincar de aprender e ainda por cima, divertir-se muito?! A exposição produzida pela ABCMC (Associação Brasileira dos Museus e Centros de Ciência) e apresentada pelo Espaço Ciência de Recife-Olinda (Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia), traz 11 desafios para aguçar sua curiosidade.

Por que a lâmpada parece sair do móvel? Por que a bola flutua? Por que podemos sentar nos banquinhos de pregos e não sentir dor? Estas são umas, entre muitas outras, das perguntas que vocês poderão tentar responder, observando e raciocinando com seus amigos, sozinhos ou com sua família. Nossos monitores estão presentes para ajudá-los, sugerindo e experimentando, descobrindo juntos, outros “Por quês?”.

Na realidade o “Por quê?” é a palavra mais importante quando falamos de Ciências. Essa abordagem divertida e provocadora da ciência é a proposta utilizada pelo Espaço Ciência para aproximar a ciência do público, despertar a sua curiosidade e, quem sabe, várias vocações científicas entre os jovens que vão visitar a exposição.

De 04 a 31 de janeiro, o Espaço Ciência leva à Praça de eventos do Shopping Tacaruna a exposição ABCMC Interativa com experimentos que simulam fenômenos físicos. Os visitantes poderão conferir de perto uma bicicleta que faz funcionar um ventilador e um rádio, dois espelhos que podem produzir infinitas imagens, um banco de pregos que simula a façanha do faquir e muito mais. A visitação é gratuita.

Confira os Experimentos:
Bicicleta
Ao pedalar a bicicleta, transformamos a energia química armazenada em nosso organismo em energia cinética. A roda em movimento aciona um gerador no qual a energia cinética é transformada em energia elétrica e, finalmente, aciona um pequeno ventilador e um rádio.

Espelhos
Uma combinação de dois espelhos planos pode produzir múltiplas reflexões, de acordo com o ângulo entre eles. Quando posicionados com ângulo de 90° entre si, formam três imagens; diminuindo o ângulo, aumentamos o número de imagens e, no limite, quando colocados frente a frente, os espelhos produzem infinitas imagens.

Miragem Porquinho / Miragem Lâmpada
Espelhos esféricos podem modificar o tamanho e a orientação dos objetos neles refletidos, além de produzir imagens reais ou virtuais. Nestes experimentos, os objetos estão sobre o centro de espelhos côncavos produzindo imagens invertidas, do mesmo tamanho e reais. Para os olhos, não há diferença entre o objeto e a sua imagem, só podendo ser identificada por meio do tato.

Caleidoscópio
Diferentes imagens são formadas através de múltiplas reflexões de um disco giratório associado a três espelhos planos retangulares, que unidos formam três ângulos de 60°.

Cineminha As imagens que observamos permanecem gravadas na nossa retina por um curto intervalo de tempo. Esse efeito nos permite perceber uma sucessão de imagens estáticas como se estivessem em movimento.

Looping
Uma bola colocada sobre trilhos a uma certa altura, adquire uma quantidade de energia associada a esta altura. Essa energia potencial será transformada em energia cinética à medida que a bola desce o trilho. Se sua energia potencial for suficiente, ela alcançará a velocidade necessária para dar a volta no looping; caso contrário, cairá dos trilhos.

Teste de nervos O visitante é convidado a conduzir uma argola através de um caminho elétrico. Ao errar, uma luz se
acende e o trajeto recomeça.

Cone de ar
Neste experimento, é possível sustentar uma bola através de uma corrente forçada de ar. A pressão exercida pelo ar está associada a uma força que se contrapõe à força peso; quando estas se anulam, a bola permanece suspensa.

Cadeira Giratória
Ao girar um corpo, a velocidade que ele adquire não depende apenas de sua massa, mas também da forma como ela se encontra disposta em relação ao eixo de rotação. Quanto mais distante desse eixo a massa estiver disposta, maior resistência o corpo oferece ao giro. Para aumentar a velocidade de um corpo em rotação, basta aproximar ao máximo possível sua massa de seu eixo de rotação.

Banco de Pregos O fenômeno físico que possibilita a façanha do faquir é denominado pressão. A pressão é o resultado da relação entre duas grandezas: a força (exercida por um corpo sobre o outro) dividida pela área. Logo, a força do corpo de uma pessoa sobre a minúscula área da ponta de um prego resulta numa grande pressão (capaz de perfurar), mas, quando a mesma pessoa senta no banco, distribui o peso por uma área maior, diminuindo a pressão.

Alavanca
Uma alavanca com regulagem no comprimento permite que se constate a variação do esforço empregado para levantar o peso apenas com a variação do comprimento do braço da alavanca.

Anote na Agenda

Dias: 04 a 31 de janeiro
Local: Praça de Eventos, Shopping Tacaruna
Horário: 09h às 22h
Custo: Gratuito

Fonte: Portal Sectma (PE) 11/01/2011