Notícias

Ceitec fabricará semicondutores no Brasil; primeiros chips em outubro

A Ceitec será a primeira empresa a fabricar semicondutores no Brasil, afirmou o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloísio Mercadante, durante encontro com empresários na tarde desta segunda, 27.

Segundo Mercadante, a iniciativa atenderá, inicialmente, à Casa da Moeda e a uma forte demanda de setores do agronegócio por tecnologia para rastreamento de bois, com chips RFID. O ministro afirmou durante o evento que a Ceitec começará a produzir os chips a partir de outubro, ressaltando, no entanto, que a empresa ligada à sua pasta não será responsável por fabricar o produto em grande escala. “Os grandes volumes ficarão a cargo de parcerias que estamos negociando com a iniciativa privada e empresas que pretendemos atrair para País”, comentou.

De acordo com o ministro da Ciência e Tecnologia, a estratégia do governo brasileiro é aproveitar a disposição de alguns fabricantes de chip de deixar o Japão por conta dos recorrentes terremotos na ilha. “Temos que aproveitar este momento para atrair parceiros; hoje apenas 20 países no mundo fabricam semicondutores e, todos os que tomaram esta iniciativa tiveram um boom”, disse.

A planta da Ceitec, de acordo com informações publicadas no website da empresa, tem capacidade produtiva para colocar no mercado entre 50 e 100 milhões de chips anualmente.

O Mercadante também ressaltou que o Ministério da Ciência e Tecnologia corre para viabilizar a fabricação de telas de LCD e lâmpadas de LED em território brasileiro. “Desde a visita à China estamos negociando para que a Foxconn produza telas de até 6,3 polegadas no Brasil, mas acredito que isto será na segunda fase da chegada deles ao País”.

Fonte: Teletime

Próximos Eventos