Notícias

Capes credencia para programa de bolsas

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) começou a convocar ontem instituições de ensino superior (IES) de todo o País para firmar acordos de adesão ao Ciência sem Fronteiras, programa da presidente Dilma Rousseff que pretende oferecer pelo menos 75 mil bolsas no exterior para estudantes brasileiros de formação técnico-científica.

 

As primeiras vagas são para graduação sanduíche nos Estados Unidos. O objetivo é despachar a leva inicial de alunos a partir de janeiro de 2012.

Entre as áreas prioritárias estão engenharia, ciências exatas, ciência biomédica, tecnologia aeroespacial, bio e nanotecnologia, computação, produção agrícola sustentável, tecnologias de prevenção e mitigação de desastres naturais e indústria criativa.

Desde ontem, as IES podem firmar a adesão a partir do preenchimento de formulários no próprio site da Capes (www.capes.gov.br). Para a primeira chamada, o prazo termina em 16 de setembro; outras devem ser abertas nas próximas semanas para países como Alemanha e França. Após o cadastro, as instituições ficam habilitadas para fazer processos seletivos dos jovens com perfil para concorrer às bolsas.

O diretor de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior da Capes, Lívio Amaral, afirma que ainda não é possível saber quantas bolsas serão oferecidas neste primeiro momento. “Precisamos levar em conta dois parâmetros: quantos alunos têm condições de serem selecionados e indicados, além da aceitação deles nas universidades americanas”, disse. Cerca de 80 instituições norte-americanas já sinalizaram ao governo interesse em participar do programa.

Os selecionados ganharão passagem de ida e volta, US$ 300 mensais para despesas pessoais e, em alguns casos, ficarão dispensados de pagar taxas escolares. Se a instituição não oferecer alojamento e refeições, a bolsa poderá chegar a US$ 1,8 mil.

Em 2010, a Capes ofertou em torno de 5 mil bolsas para 40 países. A meta para 2012 é aumentar esse número para 10,2 mil.

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo

Próximos Eventos