Notícias

Brasileiros conquistam prêmio internacional de design

Vinte e três empresas brasileiras, entre elas oito micro e pequenas, conquistam o Prêmio IF Product Design Award 2011, considerado um dos mais importantes e tradicionais de design do mundo. Os vencedores foram contemplados em nove categorias com 23 produtos, entre os 993 concorrentes. Nesta edição, o Brasil ficou entre os dez países mais premiados, desbancando Reino Unido, Canadá e Suécia.

Todos os produtos vencedores receberam o Selo de Excelência e terão as fichas técnicas divulgadas na Yearbook, publicação distribuída no mundo inteiro, com tradução em três línguas, e no site do iF (www.design.de). Os produtos também vão integrar, entre março e junho de 2011, em Hannover (Alemanha), uma mostra cuja média de visitantes gira em torno de 300 mil pessoas.

As empresas brasileiras fazem parte do programa Design Excellence Brazil (DEBrazil), cujo objetivo é promover a excelência da industria no exterior. O programa é coordenado pelo Centro de Design do Paraná e conta com apoio do Sebrae e da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). “Hoje não existe um selo de certificação para design no mercado nacional. Premiações como o IF possibilitam dar a esses produtos vencedores o diferencial de mercado”, avalia a responsável pela área de Design do Sebrae, Elsie Quintaes.

Divididos em 16 categorias que abrangem as diversas possibilidades do design, a edição 2011 teve 2.756 produtos inscritos, de 43 países diferentes. A premiação ocorreu durante a feira de tecnologia alemã CeBIT, em Hannover, na semana passada. “Dos quase 300 trabalhos do DEBrazil, o comitê do programa selecionou 100 para serem inscritos no prêmio, dos quais 99 foram classificados como finalistas e 23 premiados”, explica a coordenadora de projetos do Centro de Design do Paraná, Ana Brum.

Produtos vencedores

Um dos destaques entre as microempresas foi a ‘Luminária Pau de Luz’, das paulistas Marcenaria ARTÍFICE e Brasil e DOMINICI. A luminária foi desenvolvida em pequena caixa de madeira com hastes de inox removíveis. O Cabide Click da microempresa Aska de Curtiba (PR) também levou o prêmio. Trata-se de um cabide flexível, que se fecha quando se pressionam suas extremidades e se abre ao se apertar um botão.

Outro produto vencedor foi o projeto ‘Saleiros João de Barro’. Devido o uso da cerâmica sem esmalte nem pintura, a peça demonstrou ser ideal para manter o sal seco e solto sem a necessidade de tampa. O saleiro é decorativo, ergonômico e com tamanhos variados. “O premio IF é o design brasileiro mostrando sua cara para o mundo, se fazendo ver, entender e reconhecer”, afirma a empresária Suzanne Reboh, criadora dos saleiros.

Fonte: Agência Sebrae

Próximos Eventos