Notícias

Brasil ultrapassa 16 milhões de conexões banda larga em junho

Ao fim do primeiro semestre, o Brasil tinha 16,19 milhões de conexões banda larga ativas, sendo 12,3 milhões através de redes fixas e 3,89 milhões em redes móveis. Em comparação com dezembro de 2009, houve um crescimento de 7,9% no total de conexões. A penetração de banda larga no País era de 8,49% ao fim de junho. No estado de São Paulo, a penetração alcançava 13,98%. Os dados fazem parte do 14º Barômetro Cisco, levantamento realizado em parceria com o IDC. Foi considerado como acesso em banda larga qualquer conexão a partir de 256 kbps.

Entre os acessos fixos, o crescimento da base, entre dezembro de 2009 e junho de 2010, foi de 7%. A tecnologia predominante nas conexões fixas continua sendo o ADSL, que somava um total de 8,42 milhões de acessos ao fim de junho, contra 3,59 milhões de conexões a cabo e 284 mil de tecnologias fixas sem fio e satélite. Uma das descobertas importantes do estudo é que a velocidade média dos planos melhorou no primeiro semestre do ano, sem que os preços aumentassem na mesma proporção. Em junho, os acessos acima de 2 Mbps passaram a representar a maior fatia da base, respondendo por 36,5% do total. A maior parte da base de banda larga fixa é de assinantes residenciais (88%). A penetração de banda larga fixa era de 6,45% no Brasil ao fim de junho.

A respeito do mercado de banda larga móvel, o estudo informa que o crescimento de sua base foi de 10,6% em relação a dezembro de 2009. Em junho, 78,1% das conexões de banda larga móvel eram para uso residencial ou pessoal e 31,73% estavam concentradas no estado de São Paulo. Da Redação da TelaViva News 13/12/2010