Destaques

Brasil tem 24,7 milhões de crianças e adolescentes usando Internet

Oito em cada dez crianças e adolescentes com idades entre 9 e 17 anos eram usuários da Internet em 2017, segundo a pesquisa TIC Kids Online divulgada nesta terça-feira, 18, pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). Isso corresponde a 85% da população nessa faixa etária, ou 24,7 milhões de jovens. A proporção na pesquisa do ano anterior era de 82%.

Assim como nas demais faixas etárias, há uma concentração do acesso de acordo com disparidades regionais e socioeconômicas. É mais comum crianças e adolescentes usarem a Internet nas áreas urbanas (90%) do que nas rurais (63%). Além disso, a região Sudeste tem maior penetração (93%) do que a Norte (68%). A desigualdade de classe social também está presente: 98% desse público nas classes A/B usam a rede, enquanto na D/E esse percentual é de 70%.

Houve avanço na utilização de dispositivos móveis entre crianças e adolescentes brasileiros. Em 2012, 21% desses jovens utilizavam a Internet por meio do celular. Em 2017, a proporção pulou para 93%, ou 23 milhões de pessoas entre 9 e 17 anos. O uso da Internet em computadores (incluindo PCs, notebooks e tablets) caiu 37 pontos percentuais, saindo de 90% em 2013 para 53% em 2017.

No ano passado, 44% (ou 11 milhões de crianças e adolescentes) acessaram a Internet exclusivamente por aparelho celular. O aparelho é o meio principal na área rural (57%), na região Norte (59%) e nas classes D/E (67%)

Conteúdos

As atividades mais realizadas por crianças e adolescentes na Internet são mensagens (79%), vídeos (77%), música (75%) e redes sociais (73%). Também é comum efetuar pesquisas: tanto para trabalhos escolares (76%), quanto curiosidade ou interesse próprio (64%).

O levantamento do Cetic.br indica ainda que 40% dos menores de idade conectados usam a Internet para conversar com pessoas de outras cidades, países e culturas, enquanto 36% participam de de páginas ou grupos de interesse, 28% buscam informações sobre saúde e 22% sobre o que acontece na comunidade.

Fonte: Teletime

Próximos Eventos