Notícias

Brasil fica fora de ranking de universidades em Ciências Biológicas

Os Estados Unidos mantêm o monopólio no ensino e pesquisa de Ciências Biológicas em um novo ranking global de universidades divulgado nesta quarta-feira, 4, pela entidade britânica QS. As instituições de ensino tiveram seu desempenho avaliado em Medicina, Biologia e Psicologia e, sem surpresa, Havard lidera todas as listas. O Brasil não está representado entre as top 200 universidades do mundo, que se concentram em 31 países.

No cálculo da nota, são considerados a reputação acadêmica, a reputação do empregador e citações de pesquisas. Atrás dos Estados Unidos, vêm Reino Unido, Alemanha, Austrália e Canadá. A Universidade Nacional de Cingapura ficou na 30.ª colocação na média das três áreas.

Harvard domina o ranking de Medicina especialmente por conta de um trabalho pioneiro na pesquisa com células-tronco realizado em parceria com a 3.º colocada, o Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT), também dos Estados Unidos. O trabalho das universidades mais citado foi o da investigação com células-tronco embrionárias, que tiveram o financiamento federal cortado pelo ex-presidente George W. Bush. A medida foi revogada por Barack Obama em 2009.

Veja o ranking das instituições

MEDICINA

1. Universidade Harvard (EUA)
2. Universidade de Cambridge (Reino Unido)
3. Instituto Tecnológico de Massachusetts (EUA)
4. Universidade de Oxford (Reino Unido)
5. Universidade Stanford (EUA)
6. Universidade Yale (EUA)
7. Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA)
8. Universidade Johns Hopkins (EUA)
9. Universidade Imperial (Reino Unido)
10. Universidade da Califórnia em San Diego (EUA)

BIOLOGIA

1. Universidade Harvard (EUA)
2. Instituto Tecnológico de Massachusetts (EUA)
3. Universidade de Cambridge (Reino Unido)
4. Universidade de Oxford (Reino Unido)
5. Universidade Stanford (EUA)
6. Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA)
7. Universidade Yale (EUA)
8. Instituto Tecnológico da Califórnia (EUA)
9. Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA)
10. Universidade da Califórnia em San Diego (EUA)

PSICOLOGIA

1. Universidade Harvard (EUA)
2. Universidade de Cambridge (Reino Unido)
3. Universidade Stanford (EUA)
4. Universidade de Oxford (Reino Unido)
5. Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA)
6. Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA)
7. Universidade Yale (EUA)
8. Universidade de Melbourne (Austrália)
9. Universidade Princeton (EUA)
10. Universidade McGill (Canadá)

Segundo o jornalista Martin Ince, do conselho consultivo da QS, as três áreas são importantes para os países porque toda nação precisa de médicos e outros profissionais das Ciências Biológicas. “A demanda por esses profissionais cresce na medida em que a população envelhece e as pessoas esperam viver saudáveis por mais tempo.”

Ince diz que as Ciências Biológicas são marcadas por uma “implacável cultura do publique o quanto antes”, financiamento pesado de governos, instituições de caridade e setor privado, e significativa atenção pública.

Para o jornalista, a tecnologia de escaneamento de cérebros revolucionou a Psicologia. Isso tem feito com que a área se torne mais uma ciência dura e abandone o perfil de estudo social. “Isso também significa mais dinheiro, o que explica porque universidades ricas dos EUA e Reino Unido dominam a tabela.”

Em Medicina, as mudanças também foram profundas, diz Ince. “Avanços recentes em ciência e tecnologia levaram a pesquisa biomédica para um novo território.” Segundo ele, as pesquisas mais bem avaliadas não visam a resolver uma doença específica, mas tendem a ser teóricas e de larga aplicação.

Em Biologia, foram analisados trabalhos em ecologia, botânica, zoologia e genética de não humanos, além de mudanças climáticas e crescimento da população humana.

Fonte O Estado de SP