Destaques

Brasil chega a 22,21 milhões de dispositivos IoT

Os dispositivos M2M (machine-to-machine), utilizados para comunicação entre máquinas, cresceram em 5,29 milhões de unidades (+31,28%) nos últimos 12 meses, totalizando 22,21 milhões em junho, conforme dados divulgados pela Anatel. Na variação mensal de maio a junho, o aumento foi de 441,31 mil (+2,03%).

A partir desta segunda-feira, 05/08, e por 45 dias – até o dia 18 de setembro – os brasileiros vão poder enviar comentários e sugestões sobre regras para a expansão da chamada Internet das Coisas no país. A consulta pública vai debater os pontos que devem ser tratados na regulação de forma a facilitar a expansão de redes e serviços relacionados à internet das coisas.

O objetivo é discutir e receber sugestões sobre como ajustar questões de outorga, regras de prestação, tributação e licenciamento, numeração, avaliação de conformidade, espectro, além de infraestrutura e insumos.  Outro ponto a ser discutido na consulta é o que a Anatel chamou de oferta de serviços IoT baseada em fornecedores de conectividade globais. Ou seja, a questão do roaming permanente. A proposta à mesa mantém a situação atual, que exige outorga. Por outro lado, a agência sugere excluir exigências relacionadas a consumidor por se tratar de pontos que podem ser contratualizados nos serviços M2M.

As contribuições e sugestões, fundamentadas e identificadas, devem ser encaminhadas, preferencialmente, por meio do formulário eletrônico do Sistema Interativo de Acompanhamento de Consulta Pública (SACP). Também é possível enviar carta, fax ou correspondência eletrônica.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos