+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

BNDES prorroga incentivo à inovação e inclui bens de TI

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social anunciou nesta sexta-feira, 4, a prorrogação do Programa de Sustentação de Investimento (PSI) até dezembro deste ano, que tem orçamento de R$ 75 bilhões. O banco divulgou ainda que o PSI passará também a financiar bens de tecnologia da informação e comunicações desenvolvidos com tecnologia nacional, de acordo com critérios estabelecidos pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

Além disso, passam a contar com os benefícios do BNDES PSI a aquisição de partes, componentes e serviços tecnológicos para bens de capital. Nos dois casos, as taxas de juros serão de 5% ao ano. Em comunicado, o BNDES informou que o programa se encerraria no fim deste mês, mas agora será estendido, com a ampliação da abrangência e alteração das taxas.

Para estimular o crédito privado de longo prazo, o BNDES está reduzindo a participação máxima dos investimentos no âmbito do BNDES PSI. O apoio a bens de capital para micro e pequenas empresas, que era de 100% do investimento, agora será limitado a 90%. Para grandes empresas, o limite passou de 80% para 70%. A mesma redução de 10% da participação máxima foi aplicada aos subprogramas de inovação e exportação.

Para poder continuar apoiando a expansão dos investimentos por meio do programa, o BNDES receberá um empréstimo de R$ 55 bilhões do Tesouro Nacional.

Fonte: TI Inside

Compartilhe:

    Próximos Eventos