Biotecnologia mineira firma parceria com empresa americana

Como parte dos desdobramentos da Feira de Negócio e tecnologia (Inovatec/2010), foi firmado nesta segunda-feira (9), acordos entre a empresa americana Diagnostic Consulting Network (DCN) e a empresa mineira Tech-Solutions. O encontro também marcou a implementação dos trabalhos, que prevê potencializar a vocação do estado em saúde humana, agronegócios e meio ambiente. O primeiro contato entre a DCN e a empresa mineira ocorreu durante o Encontro de Inovação,organizado pelo Sistema Mineiro de Inovação (Simi), dentro do Projeto Estruturador Arranjo Produtivo Local de Biotecnologia, na Inovatec 2010, ambos projetos da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes).

Segundo o diretor da DCN, Brendan O’Farrell, essa parceria não seria possível sem o encontro promovido pelo Simi na Inovatec 2010. “A Inovatec apresentou e proporcionou o pretexto para voltar a Minas Gerais e formalizar esta parceria, além de possibilitar o entendimento do processo das várias instituições, e neste setor, a Tech-Solutions vai ser a porta de entrada para as indústrias e o governo”, afirma. Esta será a primeira vez que serviços como os oferecidos pela DCN serão ofertados no Brasil.
A DCN atua nas áreas de desenvolvimento, transferência de tecnologia, consultoria, treinamento e fornecimento de insumos para testes imunológicos rápidos. Esta transferência de tecnologia irá permitir a realização de vários testes que têm ampla aplicação na saúde humana e animal, agronegócios e meio-ambiente, chegando a um diagnostico rápido e preciso. Eles possuem também um amplo espectro de aplicação com grande potencial de utilização inclusive na Copa 2014, para triagem rápida em situações de emergência. “Para a copa do mundo estes testes são essenciais. Iremos receber um grande volume de turistas e os testes podem precaver o aparecimento de algumas doenças ou até mesmo monitorar algum ato de bioterrorismo”, afirma o diretor da Tech-Solutions, Roberto Machado.

A importância desses contratos para Minas Gerais reside na possibilidade de potencializar e solidificar a vocação do estado em ser um polo de excelência em biotecnologia e ser uma grande utilidade para a sociedade, além de abrir portas para a indústria, funcionando como uma cadeia produtiva que vai ascender à produção em vários setores. “Inicialmente seria impossível mensurar os benefícios que serão gerados ao estado, esta parceria é um grande salto para a biotecnologia, enriquecendo muito o setor” comenta Roberto Machado. A DCN ainda está estudando parcerias com outras empresas mineiras e órgãos para outras possibilidades de parceria.

Fonte: Portal Sectes

Compartilhe:

    Leave a Reply