+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

ANPD promete edital para Conselho Nacional de Proteção de Dados nos próximos dias

Em encontro online promovido pelo escritório de advocacia de onde foi indicada uma das suas diretoras, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados, na figura do presidente Waldemar Gonçalves, anunciou que foi aprovado em reunião na quarta, 27/1, o edital para a formação do Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade.

“Às quartas-feiras são as reuniões do Conselho Diretor e ontem [27] aprovamos o plano estratégico e também o edital para a formação do Conselho Nacional de Proteção de Dados e Privacidade, que deve ser publicado na próxima semana”, revelou Gonçalves ao escritório Serur Advogados.

O esclarecimento veio na esteira da publicação da agenda regulatória da ANPD, na qual o tema do Conselho não foi incluído. Trata-se do corpo consultivo de formação multissetorial previsto na Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/18), com a missão de propor diretrizes estratégicas e ações a serem realizadas pela Autoridade.

Com previsão de 23 membros, o Conselho deve ser composto por cinco representantes do Poder Executivo Federal; um do Senado Federal; um representantes da Câmara dos Deputados; um do Conselho Nacional de Justiça; um do Conselho Nacional do Ministério Público; um do Comitê Gestor da Internet no Brasil; três de entidades da sociedade civil com atuação relacionada a proteção de dados pessoais; três de instituições científicas, tecnológicas e de inovação; três representantes de confederações sindicais representativas das categorias econômicas do setor produtivo; dois representantes de entidades representativas do setor empresarial relacionado à área de tratamento de dados pessoais; e dois de entidades representativas do setor laboral.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos