Notícias

Alunos de tecnologia ensinam robótica em escolas públicas

Ação é desenvolvida por estudantes do Instituto Federal do Pará, em Belém.

Levar estudantes a desenvolver tecnologias criativas e motivá-los para enveredar no mundo da robótica, aproximando-a do dia a dia, para que deixe de ser vista como mera expressão da ficção científica. Com esses objetivos, o Instituto Federal do Pará (IFP) leva conhecimentos de robótica a alunos de ensino fundamental e médio da rede pública.

– Queremos provar a esses estudantes que a tecnologia deve e pode ser desenvolvida a favor do homem e da natureza – diz Fausto Farias Bezerra Filho, coordenador de extensão do instituto.

A equipe do campus Belém é composta por alunos da área de elétrica do curso de engenharia de controle e automação. Nas visitas, eles repassam conceitos de programação, de mecânica e eletrônica, além de estudos dirigidos, para que sejam encontradas soluções aos problemas propostos.

O IFP adquiriu conjuntos de robótica de uma empresa multinacional para a montagem de qualquer modelo de robô. É possível criar robôs com guindaste ou um braço manipulador, por exemplo. Para dar as aulas, os professores adotam o programa Java, uma linguagem de programação de robô. É mais acessível e mais fácil de ensinar.

Experiência – Em 2010, no campeonato latino-americano de robótica, uma equipe do Instituto colocou em prática o que aprendeu em sala de aula. O problema apresentado pelos organizadores simulava um desastre ambiental. Em uma área imaginária, um oleoduto tinha sido perfurando. A missão dos alunos era fazer o conserto desse oleoduto sem a interferência humana.

– Tudo deveria ser feito pelos robôs. Foi uma demonstração de que a tecnologia pode ser usada a favor do homem e da natureza – disse Bezerra Filho.

Fonte: Jornal da Ciência