Notícias

Acre pode sediar reunião anual da SBPC em 2013

Governador autoriza deputado Sibá Machado a apresentar candidatura do estado para sediar o maior evento científico do Brasil.

O governador Tião Viana deu na terça-feira (14), sinal verde para o deputado federal Sibá Machado apresentar o nome do Acre como sede, em 2013, da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), considerado o maior evento científico do Brasil.

Com o apoio do governo do estado, da Universidade Federal do Acre (Ufac) e do Instituto Federal do Acre (Ifac), o deputado petista apresentará oficialmente a candidatura do Acre no dia 10 de julho, em Goiânia (GO), onde ocorrerá a 63ª reunião anual da entidade.

A reunião da SBPC é considerada o maior evento da ciência brasileira porque reúne anualmente de 10 a 20 mil pessoas, entre cientistas, doutores, professores, alunos e outras figuras da academia, que discutem, durante uma semana, todas as grandes questões nacionais, inclusive os avanços do mundo científico.

“O desafio para realizar uma reunião de tanta amplitude, como é o caso da SBPC, é do tamanho de realizar jogos da Copa do Mundo”, disse o deputado, que já manifestou à direção nacional da SBPC a intenção de o estado de sediar o grande encontro anual.

Segundo Machado, caso seja efetivamente realizado no Acre, o encontro colocará o estado em definitivo na rota da ciência nacional. O encontro da ciência do Acre seria realizado diante das perspectivas que se abrem para o estado a partir da sua ligação com os países do Pacífico e boa parte do mundo pela Rodovia Interoceânica, cuja pavimentação será inaugurada em breve pela presidente Dilma Rousseff.

Campus da Ifac na região da Baixada – Outra novidade discutida pelo governador Viana com o deputado foi a construção e o funcionamento de um novo campus do Instituto Federal do Acre (Ifac) em Rio Branco, dessa vez na região dos bairros da Baixada, como João Eduardo, Bahia, Palheral, Sobral e Aeroporto Velho, entre outros.

Segundo Machado, a construção do campus do Ifac na Baixada já conta com recursos do Ministério da Educação para ser iniciada, além de dispor de uma emenda parlamentar de R$ 5 milhões, do ex-deputado Ilderlei Cordeiro, para serem aplicados na obra.

A ideia inicial discutida pelo governador com o deputado é construir a sede do campus da Baixada no terreno onde funciona hoje a Semsur, que seria deslocada para uma área do governo do estado no bairro Floresta. O governador, o prefeito Raimundo Angelim e o deputado Machado visitarão as duas áreas ainda esta semana.

Fonte: Jornal da Ciência

Próximos Eventos