Notícias

3G Brasil: Teles ‘seguram’ e apenas Claro amplia cobertura em agosto

Considerada crucial para a oferta de serviços de banda larga móvel – será o roaming oficial para os serviços de voz e dados nos megaeventos esportivos – a cobertura 3G cresce de forma bastante lenta no Brasil, com exceção da Vivo, que já levou a rede para 2850 localidades. TIM e Oi, por exemplo, seguem muito atrás das rivais. A Claro tenta recuperar o tempo perdido em 2011 – foi a que mais evoluiu em 2012 depois da Vivo – mas a distância ainda é considerável.

De acordo com os dados divulgados pelo portal Teleco (www.teleco.com.br), a Claro foi a única operadora a ampliar a cobertura 3G no mês de agosto. Ela chegou a 16 novos municípios e a 959 localidades. A Vivo segue disparado na frente com 2850 municípios cobertos cm 3G. Na briga Claro x Vivo, a distância entre as teles é considerável e a operadora do grupo América Móvil parece disposta a investir mais no 4G – foi a primeira a ter um site no país.

Preocupante é a evolução de cobertura da TIM e da Oi. A TIM fechou 2011 com 512 localidades cobertas. Em agosto, chegou a 554 municípios. Isso significa que a infraestrutura chegou a apenas 42 novos municípios em oito meses. A Oi, apesar das promessas feitas pelo presidente Francisco Valim de alcançar a cobertura da rival Vivo até dezembro, também avança de forma muito lenta.

Em 2011, a tele tinha 250 localidades cobertas. Em agosto, esse número chegou a 346, mas com um agravante – no segundo e, até agora, no terceiro trimestre- não houve qualquer evolução na cobertura. Segundo ainda o Teleco, 2.554 municípios seguem não atendidos pelo 3G, ou pouco mais de 26 milhões de brasileiros não têm como contratar o serviço. O relatório também mostra que a competição é inexistente em 2.016 localidades, atendidas por apenas uma prestadora de serviço.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos