+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

UFRR realiza Mostra de Filmes Indígenas

A Universidade Federal de Roraima (UFRR) promove, de 17 a 19 de fevereiro, a Mostra de Livre de Filmes Indígenas. As exibições ocorrerão das 18h30 às 20h30, no Espaço de Cultura e Arte União Operária.

A ação integra a programação do III Encontro de Todos os Povos, uma iniciativa coletiva que reúne a diversidade cultural dos povos indígenas do Estado de Roraima. Esta edição, apresenta, pela primeira vez, 10 filmes que abordam o protagonismo indígena por meio do audiovisual.Os filmes em formato de curtas, médias e longas metragens foram produzidos por cineastas indígenas e não-indígenas, locais e nacionais.

A programação é aberta, gratuita e de classificação livre. A abertura da mostra será nesta quarta-feira (17) às 18h30, com programação cultural de músicas Andinas. Também haverá distribuição de pipoca e degustação de damurida.

Confira a programação:

Dia 17/02 – Quarta-feira

– 05 de maio em 1 minuto

– Filhos da Hutukara

– Nas trilhas de Makunaima

– Serenkato – O canto da Floresta

 


Dia 18/02 – Quinta-feira

– Terra Vermelha

– História de Abraim

– O índio e o Karaiwa

 

Dia 19/02 – Sexta-feira

– Desenforme

– História de Abraim

– Jaider Esbell – Um depoimento

– Komant’o – A arte dos filhos de Makunaima

 

Veja a sinopse dos filmes:

05 de Maio em 1 Minuto

Sinopse: documento verdade sobre o atentado na Comunidade 10 Irmãos na Terra Indígena Raposa Serra do Sol em Roraima.

Duração: 01:56 minutos

Ano de realização: 2011

Direção: Aldenir Wapichana e Cláudio Lavôr

Realização: Biosphere Records

Classificação livre

 

 
Filhos da Hutukara

Sinopse: O filme foi realizado pela artista plástica roraimense Ana Mendina, que durante 20 dias permaneceu na região do Demini, na aldeia Watoriki, na Terra Indígena Yanomami no ano de 2012. Ana Mendina registrou o cotidiano das crianças e mulheres, sua força, seus sorrisos, tentando assim demonstrar a energia que emana dos Yanomamis, sua fonte inesgotável de vida, a Hutukara.

Direção: Ana Lucia Mendina

Montagem/Edição: Cláudio Lavôr

Duração: 10:30 minutos

Ano de produção: 2013

Realização: Biosphere Records

Classificação livre

 

Nas trilhas de Makunaima

Sinopse: O documentário conta a história de um mito indígena do Estado de Roraima, extremo norte do país, e sua relação com uma montanha sagrada. A partir de narrativas de índios Ingarikó, taurepang e Macuxi, o filme mostra as diversas faces de Makunaima – um ancestral guerreiro dos índios de origem ‘Karib’, concebido por algumas etnias como um deus da natureza.

Ano de produção: 2007

Direção: Thiago Briglia

Duração: 52 minutos.

Classificação Livre

 

“SERENKATO – O Canto da Floresta”

Sinopse: Na comunidade de Campo Alegre, Roraima, região norte da Amazônia brasileira, o filme Serenkato revela a paixão da etnia macuxi pela música indígena que há tempos é inspirada nos seus mitos e na natureza para criar uma arte que encontra na voz das crianças e jovens a sua mais sublime expressão.

Duração: 15 minutos

Produção Executiva: Cláudio Lavôr

Realização: Biosphere Records

Direção: Jonathas Bernard

Classificação livre

 

Terra Vermelha

Sinopse: Mato Grosso do Sul, Brasil, 2008. O suicídio de duas meninas Guarani-Kaiowá desperta a comunidade para a necessidade de resgatar suas próprias origens, perdidas pela interferência do homem branco. Um dos motivos do desaparecimento gradual da cultura reside no conflito gerado pela disputa de terras entre a comunidade indígena e os fazendeiros da região. Para os Kaiowás, essas terras representam um verdadeiro patrimônio espiritual e a separação que sofreram desse espaço é a causa dos males que os rodeia. Uma disputa metafórica é criada. A compreensão e o diálogo buscam espaço nesse antigo conflito. Enquanto isso, o jovem Osvaldo, que vive um terrível embate contra o desejo de morrer, vai furtivamente buscar água no rio que corta a fazenda e conhece a filha do fazendeiro. Um encontro em que a força do desejo transpassa e ao mesmo tempo acentua o desentendimento entre as civilizações.

Ano de produção: 2008

Direção: Marcos Bechi

Duração: 108 minutos

Classificação livre

 

História de Abraim

Sinopse: Abraim foi trocado por uma vaca

Ano de produção:2015

Direção:  Otávio Cury

Duração: 12 minutos

Classificação livre

 

O índio e o Karaiwa

 

Sinopse: O filme do gênero documentário traz imagens do II Encontro de todos os Povos, ocorrido em 2014, na união Operária da Universidade Federal de Roraima. Traz para o debate discussões plurais de relação entre sociedades indígenas e não indígenas e sob expressões da arte contemporânea mostra o protagonismo indígena no extremo norte do Brasil.

Ano de produção:2014

Direção:  Éder Rodrigues e JPavani

Duração: 20 minutos

Classificação livre

 

Desenforme

Sinopse: Revisita a história do Brasil através de um encontro entre o índio Tukano Bú’u Kennedy e um professor de história, na beira da represa da Graça, em Cotia/SP. Roteiro estruturado a partir de textos/falas, em off, dos personagens numa situação ficcional com clima de suspense.

Direção: Adolfo Borges

Duração: 8:50 minutos

Classificação livre

 

JAIDER ESBELL – Um depoimento

Sinopse: O documentário revela um depoimento inédito do Artista Jaider Esbell durante sua estada nos Estados Unidos, quando participou como artista e professor convidado no Pitzer College, estado da Califórnia, no outono de 2013. Sua fala discorre sobre a arte e seus efeitos na vida de índio artista makuxi contemporâneo. Rico material para pesquisadores afins.

Duração: 15:31 minutos

Direção: Nate Shrage – Nova York.

Edição: Charles Resplandes

Classificação Livre

 

Fonte: UFRR

Próximos Eventos