+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

UEA assina convênio com o instituto de Riken para intercâmbio de pesquisas no Amazonas

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) assinou, nesta segunda-feira (11), um convênio com o instituto japonês Riken. O objetivo da parceria é viabilizar a troca de conhecimento entre pesquisadores das duas instituições, principalmente na área de biotecnologia.

A solenidade contou com a presença do vice-governador do Estado, José Melo de Oliveira, do reitor da UEA, José Aldemir de Oliveira e do diretor da Riken, Kenji Oeda. “Esse acordo é importante por ser a UEA, uma universidade jovem e com muitos projetos de expansão. Uma universidade é feita de pessoas e também de conhecimento” disse Melo.

O instituto Riken é referência mundial em pesquisas nas áreas de Física, Química, Biologia, Ciências Médicas, Engenharia e Ciência da Computação. As áreas abrangidas pelo convênio com a UEA serão Ciências da Saúde (Telessaúde e Farmacologia); Ciências Exatas e da Terra (Química Orgânica); Engenharias (Engenharia de Biomassas e Produtividade de Plantas); Ciências Biológicas (Genética, Biologia Molecular, Microbiologia e Ecologia). O convênio terá duração de cinco anos e poderá ser renovado pelo tempo que interessar a ambas as instituições.

Já o reitor da UEA, José Aldemir de Oliveira, destacou a relevância do convênio para o desenvolvimento científico do Amazonas. “A pesquisa gera notável qualificação nos profissionais de todos os horizontes. Além disso, cria um potencial humano de dinamismo e versatilidade. Pessoas conscientes de suas responsabilidades, limitações e talentos, estimulando interações”, afirmou o reitor.

As relações entre a UEA e o Riken começaram em 2012. No início do segundo semestre do ano passado, um grupo de professores da UEA foi ao Japão para cumprimento de uma agenda organizada pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), em conjunto com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

“A Riken tem uma característica muito importante, que é transformar a pesquisa em produtos, o que proporciona para a população um avanço tecnológico”, comentou o diretor do Riken, Kenji Oeda.

Fonte: Ciência em Pauta.

Próximos Eventos