+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Tocantins deve ofertar quase 50 cursos gratuitos para a população

O Tocantins tem experimentado um significativo crescimento econômico, atraindo várias empresas e indústrias de outros estados. Isso tem gerado uma grande demanda de mão de obra qualificada. Pensando nisso, o Governo do Estado, por meio da Sedecti – Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação conseguiu junto ao Governo Federal o valor de R$62.935.840,00, destinado à educação profissional e tecnológica.

Estes recursos vão ser investidos em cursos do Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. São aproximadamente 20 mil vagas, distribuídas em cerca de 50 cursos, sendo 17 cursos técnicos e 32 cursos de FIC – Formação Inicial e Continuada que vão contribuir para a qualificação de milhares de jovens em todas as regiões do Tocantins.

Jovens como o estudante Bruno Batista da Silva, de 17 anos, acreditam que já está na hora de buscar uma capacitação profissional, no caso dele, como auxiliar de contabilidade. “Eu quero me qualificar e adquirir uma profissão para poder me inserir no mercado de trabalho e eu vejo nesses cursos uma grande oportunidade para isso”. Bruno está concluindo o 3º ano do ensino médio no CEM – Castro Alves, em Palmas.

Serão ofertados cursos divididos entre os principais eixos tecnológicos do Estado, destacando-se: recursos naturais, gestão e negócios e informação e comunicação. Cursos como: administração, comércio, marketing, recursos humanos, secretariado, transações imobiliárias, fruticultura, agroecologia, informática, segurança no trabalho e operador de máquinas, além de inglês, espanhol, auxiliar de contabilidade, representante comercial, vendas, entre outros estarão disponíveis. As turmas serão distribuídas pelos municípios conforme a demanda de cada região.

O Pronatec vai beneficiar, inicialmente, cerca de 50 municípios do Estado. O programa é voltado para estudantes matriculados ou que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas. Alunos do ensino médio de escolas particulares também podem se inscrever, desde que sejam bolsistas. Os interessados em participar devem procurar as escolas dos municípios em que residem, onde, em breve, estarão disponíveis os critérios para seleção dos alunos.

As primeiras ações do programa estão previstas para começarem a partir do segundo semestre desse ano. Até lá, deve ser publicado edital para seleção dos professores e técnicos que vão trabalhar no projeto.

Durante apresentação do Pronatec à imprensa nesta quarta-feira, 15, o titular da Sedecti, Paulo Massuia, destacou que, “o Pronatec é uma oportunidade de melhorar as condições para que as pessoas tenham capacitação e conhecimento para acessar as vagas num Estado que cresce tanto e atende uma gama muito grande dos empresários”, explica.

Licença: Os textos veiculados pela Assessoria de Imprensa da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação/Mineratins podem ser reproduzidos apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (63) 3218-2034, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Fonte: SDCTI-TO

Próximos Eventos