Giro nos Estados

Telecentro levará acesso gratuito à internet para moradores da região de Ipioca em Alagoas

Uma parceria entre a AABB Comunidade, o Governo de Alagoas, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação  (Secti), resultou no telecentro.br, que será inaugurado neste sábado, 24 de agosto, às 15:30 horas, na sede da AABB – Associação Atlética Banco do Brasil, bairro Pescaria, litoral Norte de Maceió. Este será o sétimo telecentro.br entregue em Maceió.

Segundo Felipe Athayde, coordenador de Inclusão Digital da Secti, “telecentros são espaços públicos providos de computadores conectados à Internet em banda larga, com o objetivo de promover a inclusão digital e social das comunidades atendidas”. Felipe informa que sete telecentros já estão prontos e serão entregues oficialmente neste sábado, de um total de 20 que serão instalados em curto prazo em todo o Estado, de acordo com o projeto telecentros.br, do Ministério das Comunicações, em parceria com a Secti.

As entidades beneficiadas são organizações não-governamentais (ong’s), pontos de cultura e associações comunitárias, selecionadas em chamada pública, no ano de 2009 que, em contrapartida, disponibilizam espaço adequado para funcionamento dos telecentros.

Na AABB Comunidade, será uma sala com 11 computadores, impressora, acesso gratuito à internet, e o trabalho de um monitor para orientação do uso dos equipamentos, podem fazer a diferença no dia-a-dia de uma comunidade que ainda não conta com esse tipo de serviço.

telecentro.br será inaugurado, com a presença de cerca de 600 pessoas, no evento de comemoração dos 16 anos da AABB Comunidade, que cuida de projetos sociais da Fundação Banco do Brasil, e atende a 340 crianças e adolescentes, entre 06 a 18 anos, os quais moram na região de Garça Torta até Sauaçuí, e vai oferecer novas oportunidades à população daquela localidade, através de curso gratuito de informática básica e de empreendedorismo, acesso à pesquisa pela net, e várias outras programações que estão sendo organizadas pela instituição do Banco do Brasil.

Para o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas, Eduardo Setton, “os telecentros têm papel fundamental no desenvolvimento e oferta de serviços públicos nas comunidades, pois os mesmos serão transformados em pontos de presença para as ações de educação, saúde, emprego e renda”, defende. É um instrumento de inclusão digital que vai se somar a várias outras ações de inclusão social do Programa AABB Comunidade.

Setton explica que os telecentros também são uma plataforma de ensino a distância. Permite abrir espaço para novas capacitações através de ferramentas e plataformas digitais. Cursos em EAD (ensino a distância) trazem uma possibilidade de aumentar os conhecimentos e adquirir novas ferramentas para competir no mercado profissional.

O objetivo é que as comunidades aprendam a usar os recursos tecnológicos e a Web para divulgar suas produções, e ao mesmo tempo manter o Estado alerta às necessidades específicas de cada uma delas e estruturar ações de tecnologia que respondam a essas demandas.

A Secti como entidade proponente tem o papel de coordenar a implantação e as ações dos telecentros dando o apoio necessário dentro das obrigações previstas no projeto.

Fonte: SECTI-AL

Próximos Eventos